Saretta estréia contra colombiano em SP

Em busca do seu terceiro título do já tradicional Aberto de São Paulo, Flávio Saretta deve ter uma estréia tranqüila na competição que começa nesta segunda-feira, nas quadras do Parque Villa Lobos, na capital paulista. O tenista número dois do Brasil vai enfrentar o colombiano Alejandro Falia, jogador que está apenas na posição número 275 do ranking mundial - o brasileiro é o 45º da lista da ATP e favorito ao título. O jogo está programado para terça-feira.Além de Saretta, o Aberto de São Paulo abre uma boa oportunidade para outros tenistas brasileiros marcarem pontos no ranking da ATP, sem a necessidade de viajar já nesta primeira semana da temporada. Ricardo Mello estréia diante de Greg Hill, dos Estados Unidos, enquanto Júlio Silva enfrenta Gabriel Pitta, tenista que ganhou vaga na chave principal depois de ter ganho o classificatório nacional, disputado na Unisys Arena, semana passada. Outros brasileiros na competição são Alexandre Simoni, que joga com Sergio Brunk, Daniel Mello, adversário de Diego Moyano, Francisco Costa, que enfrenta o paraguaio Ramon Delgado, Bruno Soares, que estréia contra o venezuelano José De Armas, e Franco Ferreiro, rival de Christian Kordasz.Esta é a quarta edição do Aberto de São Paulo, competição que sempre se realiza na primeira semana do ano, nas quadras do Parque Villa Lobos. Com entrada franca, o torneio distribui um total de US$ 50 mil em prêmios e conta pontos no ranking da ATP como competição de US$ 75 mil, por oferecer hospedagem aos jogadores classificados.O jogo de abertura da chave principal será às 10 horas desta segunda-feira, com Marcos Daniel diante de Diego Moyano - a SporTV transmite ao vivo. Em seguida, Franco Ferreiro joga contra Cristian Kordasz.Pelo mundo - Além do Aberto de São Paulo, outros dois grandes torneios marcam o início da temporada de 2004. O norte-americano Andy Roddick já começa a lucrar com sua condição de número 1 do ranking. Vai jogar o ATP Tour de Doha, no Catar, com premiação de US$ 1 milhão, e, certamente, assegurou uma boa garantia em "petro-dólares", pois nestas competições a ATP dá aval para o pagamento de prêmios extras por participações de grandes estrelas. Também jogam lá o alemão Rainer Schuettler e o espanhol Carlos Moyá, todos na preparação para o Aberto da Austrália.Em Adelaide também será disputado outro preparatório para o Aberto da da Austrália, com US$ 380 mil em prêmios. O brasileiro Gustavo Kuerten só começa a jogar na próxima semana, em Auckland, na Nova Zelândia, competição que defende título conquistado ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.