Saretta ganha fácil na estréia

Em busca de outra boa campanha em Buenos Aires, o segundo torneio do Tour Latino, depois de ter alcançado as semifinais em Viña Del Mar, Flávio Saretta não desperdiçou oportunidades e ganhou sua partida de estréia diante de Tomas Behrend, gaúcho que defende as cores da Alemanha, por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/2. Agora, pode ter outro brasileiro pela frente, Gustavo Kuerten, que enfrenta nesta terça-feira à noite o espanhol David Ferrer. "É uma pena que a gente possa se enfrentar na segunda rodada, poderia ser mais à frente no torneio", lamentou Saretta. "Mas para mim será mais um jogo. Não há novidades depois de tantas vezes que já nos enfrentamos". Saretta garante que em Viña Del Mar recuperou a confiança necessária para sonhar com uma boa temporada. "Senti que voltei a jogar bem no saibro", afirmou. "Vamos ver até onde posso chegar, pois estou bastante motivado." Na sua partida de estréia em Buenos Aires, teve um bom teste. Behrend abusou dos golpes fortes, sem uma eficiente regularidade. Ora Saretta tinha de defender uma bola violenta, ora torcia para sair, pois da maneira como vinha, só mesmo alguém muito inspirado conseguiria devolver. O importante foi que soube enfrentar e superar todas estas situações. O jogo dos "brasileiros" foi para a terceira quadra em importância do Buenos Aires Lawn Tennis, a Bullrich. É num canto do clube, ao lado da linha de trem, e até que teve uma boa torcida, entre brasileiros a espera do jogo do Guga e argentinos. Saretta voltou a mostrar seu estilo despojado, usando novamente uma munhequeira nas cores da bandeira jamaicana, no que define como uma homenagem ao raggae e ao seu grande nome Bob Marley. E atraiu um representante do grupo. No meio da partida, um torcedor chamou a atenção ao subir a arquibancada com cabelos enormes, roupas coloridas e torcia euforicamente para Saretta. O estilo diverge da elegância clássica argentina no tradicional Buenos Aires Lawn Tennis, no meio do parque de Palermo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.