Saretta recebe convite e voltará a jogar no Brasil Open

Flávio Saretta voltará às quadras neste fim de semana, após deixar o tênis profissional em 2009. O tenista, de 33 anos, fará seu retorno no qualifying do Brasil Open, torneio de nível ATP 250 que será disputado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, na próxima semana.

AE, Agência Estado

21 de fevereiro de 2014 | 16h37

Saretta competirá já no sábado para iniciar a disputa do quali, para o qual obteve convite da organização do torneio. Sem ranking, ele foi convidado para entrar na competição ao demonstrar interesse em retomar os jogos em nível profissional.

"A decisão de voltar a jogar veio pela empolgação que estou sentindo com os treinos nas últimas semanas, estou bem e sinto que dá para jogar o quali", diz Saretta, que não indicou se retomará a carreira no circuito caso tenha sucesso neste retorno.

"Não tenho muita ideia do que vai acontecer neste quali, vou jogar para curtir e, claro, tentar jogar bem e ganhar. O mais interessante dessa experiência será a oportunidade jogar com a cabeça que tenho hoje, mais maduro e calmo", afirma.

O tenista, que chegou a figurar em 44º no ranking, disse que decidiu voltar ao se inspirar em Tommy Haas. O alemão jogará no Brasil Open na esteira de bons resultados no circuito da ATP nos últimos anos, depois de ficar afastado por seguidas temporadas em razão de problemas físicos.

"Um tenista que ficou um bom tempo afastado do circuito por lesão, sem dúvida, o Haas me encorajou a querer jogar o Brasil Open 2014", declara. Saretta não disputa um jogo profissional desde março de 2009, quando entrou no Challenger de Santiago, no Chile. Seu penúltimo torneio foi justamente o Brasil Open, na época ainda realizado na Costa do Sauipe.

Em cerca de 11 anos no circuito, Saretta não chegou a conquistar títulos de nível ATP. Obteve premiação de US$ 1,2 milhão e teve como melhor momento de sua carreira a vitória sobre Gustavo Kuerten em 2001, quando o compatriota liderava o ranking logo depois de se sagrar tricampeão de Roland Garros.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBrasil OpenFlávio Saretta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.