Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

Sem Djokovic, Sérvia ganha jogo de duplas e elimina a Rússia na Davis

Lesionado, sérvio vê Viktor Troicki/Nenad Zimonjic vencer Andrey Kuznetsov/Konstantin Kravchuk

Estadão Conteudo

04 Fevereiro 2017 | 17h30

A Sérvia nem precisou acionar Novak Djokovic para avançar neste sábado às quartas de final da Copa Davis. Com Nenad Zimonjic e Viktor Troicki, a equipe da Sérvia garantiu o terceiro ponto no confronto contra a Rússia com a vitória sobre Andrey Kuznetsov e Konstantin Kravchuk por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 7/6 (7/3), 6/7 (5/7) e 6/4, em 3 horas e 9 minutos.

A ideia inicial da Sérvia era utilizar Djokovic no jogo de duplas, mas o astro sofre com dores no ombro. Por isso, o capitão Zimonjic optou por poupá-lo, se escalando, ainda mais que a equipe havia vencido os dois duelos de simples na sexta-feira, um deles com o próprio Djokovic, que contou com o abandono de Daniil Medvedev quando liderava o placar por 2 sets a 1.

Neste sábado, no jogo de duplas, em casa, na cidade de Nis, a dupla sérvia sofreu com o saque dos russos, que dispararam 12 aces, contra apenas seis deles. Ainda assim, conseguiram assegurar o triunfo e a classificação, mandando a Rússia para a repescagem do Grupo Mundial. Nas quartas de final, a Sérvia terá pela frente o vencedor do confronto entre Espanha e Croácia.

ALEMANHA X BÉLGICA

Também neste sábado, a Alemanha perdeu a chance de fechar a série com a Bélgica, em Frankfurt, após abrir 2 a 0 na sexta-feira. No jogo de duplas, os irmãos Alexander e Mischa Zverev perderam para os belgas Ruben Belmemans e Joris De Loore por 3 sets a 2, com parciais de 6/3, 7/6 (7/4), 4/6, 4/6 e 6/3, em 2 horas e 12 minutos.

Nem os 12 aces dos irmãos Zverev, que levaram apenas cinco, foram suficientes para evitar que a Bélgica somasse seu primeiro ponto na série, que terá prosseguimento neste domingo. Os duelos de simples agendados são: Alexander Zverev x Steve Darcis e Philipp Kohlschreiber x Arthur de Greef. A Alemanha só precisa de um triunfo para avançar de fase.

Mais conteúdo sobre:
Tênis tênis Novak Djokovic Copa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.