Sem jogar, Guga continua nº 1 do Brasil

Sem jogar desde setembro do ano passado, Gustavo Kuerten conservou por mais uma semana a condição de número 1 do Brasil. Embora tenha caído um pouco mais no ranking mundial, ocupando agora a posição de número 53, Guga soma 760 pontos e está à frente de Ricardo Mello, em 56º lugar, com 667 pontos. Flávio Saretta caiu mais um pouco e está na 114ª colocação.Esta situação já deverá mudar na próxima semana. Guga tem 120 pontos para descontar da final do ano passado em Viña Del Mar. E curiosamente, mesmo sem jogar esta semana, Mello vai assumir a condição de número 1, em razaão da queda de Guga, que irá se acentuar no dia 23, quando cairem mais 175 pontos do título do Brasil Open, na Costa do Sauípe, ano passado.Em Vinã Del Mar, o título ficou para o argentino Gaston Gaudio, que conquistou o seu primeiro título desde Roland Garros no ano passado. Na final, derrotou o chileno Fernando Gonzalez por 6/3 e 6/4. Em Delray Beach, a vitória foi do belga Xavier Malisse, que vencer o thceco Jiri Novak por 7/6 (8/6) e 6/2.Na lista de entradas desta semana, divulgada nesta segunda-feira pela ATP, os dez primeiros são os seguintes: 1 - Roger Federer (SUI) - 5975 pontos 2 - Lleyton Hewitt (AUS) - 4140 3 - Andy Roddick (EUA) - 3855 4 - Marat Safin (RUS) - 3360 5 - Guillermo Coria (ARG) - 2570 6 - Carlos Moya (ESP) - 2480 7 - Tim Henman (ING) - 2360 8 - Gastón Gaudio (ARG) 2.0959 - David Nalbandian (ARG) 1.94510 - Andre Agassi (EUA) 1.900

Agencia Estado,

07 de fevereiro de 2005 | 13h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.