Sem problemas, Djokovic ganha na estreia do US Open

Atual número 1 do ranking mundial da ATP, o sérvio Novak Djokovic não teve o menor trabalho para derrotar o lituano Ricardas Berankis, apenas o 112.º colocado do mundo, na sua estreia no US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada, disputado em quadras rápidas em Nova York. Em apenas 1 hora e 22 minutos, o atual vice-campeão do torneio norte-americano ganhou por fáceis 3 sets a 0 - com parciais de 6/1, 6/2 e 6/2.

AE, Agência Estado

27 de agosto de 2013 | 22h09

Na segunda rodada, Djokovic terá um rival que promete dar mais trabalho que Berankis. Com a vitória por 3 sets a 1 (6/3, 3/6, 6/3 e 6/4) sobre o checo Lukas Rosol, o alemão Benjamin Becker, atual número 87 do mundo, se credenciou para tentar surpreender o sérvio na competição.

Duas desistências aconteceram nesta terça em Nova York. Cabeça de chave número 28, o argentino Juan Monaco teve que abandonar a sua partida contra o alemão Florian Mayer quando perdia por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3) e era derrotado na terceira parcial por 3 a 0. O tenista da Alemanha enfrenta agora o norte-americano Donald Young, que bateu facilmente o eslovaco Martin Klizan por 3 a 0 (6/1, 6/0 e 6/1).

O outro abandono foi do alemão Philipp Petzschner contra o norte-americano Jack Sock. A partida estava empatada em 1 set a 1 e o tenista local vencia a terceira parcial por 5 a 2 na hora da desistência do rival da Alemanha. Na segunda rodada, Sock terá pela frente o argentino Máximo González.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenNovak Djokovic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.