Julian Smith/EFE
Julian Smith/EFE

Serena encerra boicote de 14 anos e voltará a jogar em Indian Wells

Em 2001, tenista jogou semifinal e final sob vaias e justificou ausência no torneio da Califórnia por seu 'pano de fundo de racismo'

Estadão Conteúdo

04 de fevereiro de 2015 | 15h56

A norte-americana Serena Williams anunciou que voltará a jogar o Torneio de Indian Wells, na Califórnia, depois de boicotar a competição por 14 anos. A disputa, com a presença da número 1 do mundo e atual campeã do Aberto da Austrália, acontecerá entre os dias 11 e 22 de março.

Em uma coluna para o site da revista Time, a tenista norte-americana escreveu sobre as vaias e "o pano de fundo de racismo" que sentiu em 2001 durante as semifinais e a decisão do campeonato. "Com um novo entendimento do verdadeiro significado do perdão, estou orgulhosa por voltar a Indian Wells em 2015".

Em 2001, o público vaiou depois que sua irmã mais velha, Venus, abandonou a semifinal por lesão exatamente diante de Serena, então com 19 anos. A número 1 do mundo escreveu que houve acusações de que as partidas entre as irmãs eram manipuladas, e as vaias continuaram na final contra a belga Kim Clijsters, vencida pela norte-americana.

"Em um esporte que amo do fundo do meu coração, em um dos meus torneios favoritos, de repente eu me senti sozinha, com medo e que não era bem-vinda", escreveu Serena na coluna, em que confirmou a intenção de voltar a jogar em Indian Wells logo após faturar o seu 19º título dos torneios do Grand Slam.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.