Serena fecha ano com o 11.º título

De virada, número 1 do mundo derrota chinesa Na Li na final do Masters da WTA e tem temporada quase que irrepreensível

O Estado de S. Paulo

28 de outubro de 2013 | 07h30

ISTAMBUL - Serena Williams fechou uma temporada quase que irrepreensível com o título do Masters de Istambul. A número 1 do mundo sofreu um pouco no primeiro set, mas virou o jogo e venceu a chinesa Na Li por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/3 e 6/0.  A norte-americana é agora tetracampeã (2001, 2009, 2012 e 2013) do evento que reúne as melhores jogadoras do mundo. Apenas outras três tenistas levaram o torneio pelo menos quatro vezes: Martina Navratilova (oito), Steffi Graf (cinco) e Chris Evert (quatro).

Serena alcançou 15 vitórias consecutivas (cinco em 2009, 2012 e 2013). Apenas Martina Navratilova tem uma sequência mais longa no Masters, com 21 triunfos de 1983 a 1987. "Eu realmente venci? Porque ela jogou tão bem! É um momento especial. Estou absurdamente feliz, para ser honesta", afirmou Serena, ainda dentro de quadra, após o jogo.

O título no Masters foi o 11.º de Serena na temporada. A norte-americana registrou o melhor desempenho no circuito feminino desde 1989, quando Steffi Graf encerrou o ano com 97,7% de aproveitamento, com 86 vitórias e duas derrotas. Ela disputou 82 partidas, com apenas quatro derrotas. Um rendimento de 95,1%. A última vez em que Serena não chegou à final foi em Wimbledon, ainda no mês de junho. A norte-americana, que jogou 13 finais da temporada, faturou os títulos de Grand Slam na temporada: Roland Garros e o Aberto dos Estados Unidos.

Pelo terceiro ano consecutivo, a norte-americana acabará a temporada como primeira do mundo. Além disso, Serena faturou impressionantes US$ 12.385.572,00 (mais de R$ 27 milhões) em prêmios. Entre homens e mulheres, somente o sérvio Novak Djokovic conseguiu superá-la em faturamento, com US$ 12.619.803 em 2011 e US$ 12.803.737 em 2012.

A expectativa, pelo menos levando em consideração o histórico entre as tenistas, era de que Serena atropelasse Na Li na final, mas isso acabou não acontecendo. Esta foi a 11.ª partida entre elas, com vantagem massacrante da norte-americana, que venceu dez. Somente em 2008, em Stuttgart, a chinesa saiu vencedora. Mas Na Li também vivia um grande momento no Masters e impôs muita dificuldade.

O primeiro set foi dominado pela chinesa, que superou as dificuldades no saque, quebrou duas vezes a adversária e arrancou para a vitória por 6 a 2. Na segunda parcial, Serena voltou com tudo e conseguiu uma quebra logo de cara. Na Li devolveu, mas a norte-americana quebrou seu serviço novamente e fechou: 6 a 3. Esbanjando vigor físico, Serena chegou mais inteira para a terceira parcial e atropelou a adversária com um "pneu".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.