Mark Dadswell/EFE
Mark Dadswell/EFE

Serena massacra alemã na volta ao Aberto da Austrália e encara Bouchard

Norte-americana ficou fora da edição de 2018 por causa do nascimento da sua filha

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2019 | 08h53

De volta ao Aberto da Austrália após ficar fora da edição de 2018 por causa do nascimento da sua filha, Serena Williams começou a sua participação no primeiro Grand Slam da temporada com uma fácil vitória. Nesta terça-feira, a número 16 do mundo superou a alemã Tatjana Maria, a 73ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/2.

Campeã em Melbourne em 2017, quando já estava grávida, Serena precisou ficar em quadra por apenas 49 minutos no seu retorno ao evento, tendo perdido apenas cinco pontos no primeiro set, em que aplicou um "pneu" em sua oponente.

A norte-americana, de 37 anos, disparou 22 winners, contra apenas sete da sua adversária, que sofreu no seu serviço, tendo cometido sete duplas faltas, embora disparando um ace a mais do que Serena - 3 a 2. Além disso, Maria cometeu 20 erros não-forçados, nove a mais do que a ex-número 1 do mundo.

Classificada à segunda rodada do Aberto da Austrália, Serena agora terá pela frente Eugenie Bouchard. A canadense, a número 79 do mundo, também avançou com facilidade na estreia, tendo passado pela chinesa Shuai Peng por 6/2 e 6/1. A norte-americana venceu os dois duelos que já fez com a rival.

Se Serena avançou sem sustos, outra ex-número 1 do mundo que já foi campeã em Melbourne decepcionou. A bielo-russa Victoria Azarenka, a número 59 do mundo, perdeu de virada para a alemã Laura Siegemund, a 110ª colocada no ranking, por 6/7 (5/7), 6/4 e 6/2, em 2 horas e 42 minutos.

Azarenka, que venceu o Aberto da Austrália em 2012 e 2013, disputava o evento pela primeira vez desde 2016. O primeiro set desse retorno foi equilibrado, com a bielo-russa prevalecendo no tie-break. Mas depois Siegemund assumiu o controle do duelo, terminando a partida com sete quebras de serviço, sendo três na última parcial. Na segunda rodada do evento, a alemã vai enfrentar a taiwanesa Su-Wei Hsieh.

Também nesta terça-feira, Venus Williams esteve a um game de ser eliminada do Aberto da Austrália, mas conseguiu uma virada para derrotar a romena Mihaela Buzarnescu, a 26ª colocada no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (3/7), 7/6 (7/3) e 6/2, em 2 horas e 39 minutos.

Assim, Venus, hoje a número 36 do mundo, conseguiu evitar o que teria sido sua quarta derrota na primeira rodada em suas últimas seis aparições em Melbourne. Esta é a primeira vez em cinco anos que a norte-americana não é cabeça de chave em um evento do Grand Slam, embora já tenha vencido sete vezes esse tipo de torneio, sendo vice-campeã do Aberto da Austrália em 2003 e 2017.

Nesta terça, Venus foi superada no primeiro set e chegou a estar perdendo por 5/3 no segundo, quando Buzarnescu serviu para fechar o jogo. A norte-americana, então, quebrou o saque da rival foi melhor no segundo tie-break do duelo e dominou a terceira parcial após abrir 2/0. A sua próxima oponente vai ser a francesa Alize Cornet.

Em um confronto entre tenistas da República Checa, Karolina Pliskova, a número 8 do mundo, se deu melhor ao superar Karolina Muchova (139ª) por 6/3 e 6/2. A norte-americana Madison Keys, número 17 do mundo, derrotou a australiana Destanee Aiava (192ª) por duplo 6/2, e vai enfrentar a russa Anastasia Potapova na segunda rodada em Melbourne.

Em apenas 1 hora e 1 minuto, a ucraniana Elina Svitolina, a número 7 do mundo, venceu a suíça Viktorija Golubic, 103ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2. A eslovaca Viktoria Kuzmova vai ser a sua próxima oponente em Melbourne.

Número dez do mundo, a russa Daria Kasatkina ampliou a sua má fase ao perder na estreia do Aberto da Austrália para a suíça Timea Bacsinszky (145ª) por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/0, em apenas 55 minutos. A tenista da Rússia cometeu nove duplas faltas e acabou caindo na estreia do terceiro evento seguido na Austrália na temporada - as quedas precoces também haviam ocorrido nos Torneios de Brisbane e de Sydney. Na segunda rodada, a suíça terá pela frente outra tenista da Rússia, Natalia Vikhlyantseva.

A espanhola Carla Suarez-Navarro, a ucraniana Dayana Yastremska, a britânica Johanna Konta, a espanhola Garbiñe Muguruza, a italiana Camila Giorgi, a polonesa Iga Swiatek, a norte-americana Madison Brengle, a eslovena Tamara Zidansek, a chinesa Qiang Wang, a sérvia Aleksandra Krunic, a canadense Bianca Vanessa Andreescu, a letã Anastasija Sevastova, a belga Elise Mertens, a russa Margarita Gasparyan e a checa Kristyna Pliskova também avançaram para a segunda rodada da chave feminina do Aberto da Austrália nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.