Serena se torna a 3ª maior líder da história e Muguruza entra no Top 5 da WTA

A decisão de Serena Williams de não mais atuar na temporada 2015 em nada ameaça a sua soberania no tênis feminino. Líder disparada do ranking da WTA com 11.285 pontos, a norte-americana se tornou nesta segunda-feira a terceira jogadora com mais semanas na condição de número 1 do mundo - 261.

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2015 | 11h49

A atual sequência de 138 semanas, iniciada em fevereiro de 2013, tem bastante peso na impressionante marca atingida por Serena, que deixou para atrás Chris Evert. Ela, porém, ainda está da recordista Steffi Graf, com 377 semanas, e de Martina Navratilova, com 332.

Mesmo sem jogar, Serena vai ampliar a sua marca nas próximas semanas, ainda que tenha que descartar os 1.340 pontos relativos ao título do Masters da WTA do ano passado. Afinal, a norte-americana tem 4.615 pontos de vantagem para a romena Simona Halep, que segue na vice-liderança, agora com 6.670, após ser eliminada nas oitavas de final do Torneio de Wuhan, na China.

Após abandonar o jogo de regresso ao tênis após mais de dois meses afastada das quadras, em Wuhan, a russa Maria Sharapova segue em terceiro lugar, à frente da checa Petra Kvitova, que permanece na quarta colocação depois de cair nas oitavas de final na competição chinesa.

Vice-campeã em Wuhan, a espanhola Garbiñe Muguruza subiu três posições, atingindo o quinto lugar, o seu melhor posto no ranking. Além disso, ela está a apenas 160 pontos - 3.851 a 3.691 - de Kvitova. Muguruza ultrapassou, assim, a checa Lucie Safarova, a italiana Flavia Pennetta e a polonesa Agnieszka Radwanska.

Já a checa Karolina Pliskova subiu três posições na lista e atingiu o nono lugar depois de parar nas quartas de final em Wuhan. A alemã Angelique Kerber também ascendeu três postos e se tornou a número 10 do mundo após ser semifinalista na China.

Campeã em Wuhan, a norte-americana Venus Williams subiu dez posições, entrou no Top 20 e agora está em 14º lugar. A japonesa Nao Hibino, que levou o título do Torneio de Tashkent, ascendeu da 117ª para a 76ª colocação.

Única tenista do Brasil entre as 100 melhores do mundo, Teliana Pereira perdeu uma posição nesta atualização do ranking da WTA e está em 52º lugar.

Confira a classificação atualizada do ranking da WTA:

1.ª - Serena Williams (EUA) - 11.285 pontos

2.ª - Simona Halep (ROM) - 6.670

3.ª - Maria Sharapova (RUS) - 4.692

4.ª - Petra Kvitova (RCH) - 3.851

5.ª - Garbiñe Muguruza (ESP) - 3.691

6.ª - Lucie Safarova (RCH) - 3.406

7.ª - Flavia Pennetta (ITA) - 3.253

8.ª - Agnieszka Radwanska (POL) - 3.225

9.ª - Karolina Pliskova (RCH) - 3.220

10.ª - Angelique Kerber (ALE) - 3.220

11.ª - Caroline Wozniacki (DIN) - 3.211

12.ª - Carla Suárez Navarro (ESP) - 3.070

13.ª - Belinda Bencic (SUI) - 3.015

14.ª - Venus Williams (EUA) - 2.972

15.ª - Ana Ivanovic (SER) - 2.785

16.ª - Roberta Vinci (ITA) - 2.565

17.ª - Timea Bacsinszky (SUI) - 2.508

18.ª - Elina Svitolina (UCR) - 2.455

19.ª - Madison Keys (EUA) - 2.435

20.ª - Sara Errani (ITA) - 2.410

52.ª - Teliana Pereira (BRA) - 1.043

180.ª - Beatriz Haddad Maia (BRA) - 281

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.