Serena sobe 67 posições no ranking; Sharapova é nova líder

O título do Aberto da Austrália rendeu bons frutos para Serena Williams. Além de confirmar a volta da boa fase, após seguidas contusões, a tenista norte-americana conseguiu subir 67 posições no ranking mundial da WTA, divulgado nesta segunda-feira. Agora em 14.º lugar, com 1.269 pontos, a irmã mais nova da família Williams está perto de retornar ao seleto grupo das 10 melhores do mundo.Além de Serena, outra que está rindo à toa é a russa Maria Sharapova. Mesmo derrotada na decisão, a musa do tênis conseguiu retomar o posto de número 1 do mundo. Com 3.918 pontos, Sharapova está mais de 600 pontos na frente da belga Justine Henin-Hardenne, que não disputou o Grand Slam australiano por motivos pessoais. "O ranking não mente. Tive também um ótimo final de ano em 2006. Estou muito feliz por ser a número 1 e espero conseguir manter esse posto por muitas semanas", contou.Sharapova já está em Tóquio, onde disputará nesta semana o Torneio Pan Pacific. Depois de ter sido campeão em 2005, a russa foi eliminada pela suíça Martina Hingis nas semifinais da edição passada. "Martina me tirou no ano passado. Tomara que eu possa vingar essa derrota na final", disse a líder do ranking.Na briga por melhores posições entre as 10 melhores, Hingis foi uma das que se deram bem. Por ter chegado às quartas-de-final no Aberto da Austrália, a suíça subiu para a sexta posição. A belga Kim Clijsters, que disputa sua última temporada na carreira, ganhou uma colocação e está em quarto e a checa Nicole Vaidisova pulou da 12.ª para a Noca posição por ter chegado até as semifinais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.