Andy Wong/AP
Andy Wong/AP

Serena supera Henin e conquista Aberto da Austrália

Atual número 1 do mundo, tenista norte-americana chega ao seu quinto título no torneio

AE, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 09h13

A americana Serena Williams sofreu neste sábado, mas conseguiu superar a belga Justine Henin, ex-líder do ranking, e conquistou o bicampeonato do Aberto da Austrália. Neste sábado, a atual número 1 do mundo venceu em 3 sets, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/2, após 2h07min de confronto.

Serena, de 28 anos, chegou ao seu quinto título em Melbourne (2003, 2005, 2007 e 2009) e se tornou a maior campeã do torneio australiano na era profissional do tênis - a partir de 1968. A americana ainda alcançou o seu 12.º troféu de Grand Slam na carreira, e consolidou a liderança do ranking da WTA.

Justine Henin, por sua vez, perdeu a chance de coroar seu retorno ao esporte com um título de Grand Slam, como fez sua compatriota Kim Clijsters no US Open do ano passado. A belga, que havia se aposentado em maio de 2008, soma sete títulos em torneios deste nível.

No entanto, o bom resultado de Henin em Melbourne mostrou que a tenista voltará a brigar pelos principais títulos do esporte após ficar fora do circuito por mais de um ano e meio. Foi apenas o segundo torneio disputado pela belga desde o seu retorno no início deste mês. Ela também foi vice-campeã em Brisbane, há duas semanas.

JOGO

A partida deste sábado também marcou o retorno da rivalidade entre as duas tenistas, que nunca tinham se enfrentado em uma decisão de Grand Slam. E elas não decepcionaram a torcida que compareceu à Arena Rod Laver. Serena e Henin apresentaram um tênis de alto nível, com lances que empolgaram o público.

No primeiro set, a americana foi superior, ao arriscar mais e cometer menos erros. Serena chegou a perder o saque, mas impôs duas quebras sobre a rival e garantiu a parcial.

O segundo set foi mais equilibrado. Serena começou melhor novamente, mas Henin errou menos e reagiu no decorrer da parcial. No final, a belga faturou duas quebras seguidas com facilidade e levou a decisão para o terceiro set.

A última parcial foi marcada pela instabilidade das duas tenistas nos primeiros games. Henin manteve o bom ritmo no início, mas perdeu o saque no terceiro game. A ex-número 1 do mundo chegou a devolver a quebra, porém, Serena se impôs no serviço da rival logo na sequência e voltou a liderar o marcador.

Mostrando força no saque, Serena conseguiu manter os seus serviços nos últimos games e ainda faturou mais uma quebra, para fechar em 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.