Tony Avelar/AP
Tony Avelar/AP

Serena vence só um game contra Konta nos EUA e sofre pior derrota da carreira

Tenista 48ª colocada no ranking mundial precisou de apenas 52 minutos para vencer a estrela norte-americana

Estadão Conteúdo

01 Agosto 2018 | 01h04

Serena Williams sofreu uma dura derrota nesta terça-feira. Em sua estreia no Torneio de San Jose, nos Estados Unidos, a ex-número 1 do mundo perdeu por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/0, para a britânica Johanna Konta, a 48ª colocada no ranking da WTA, em apenas 52 minutos.

+ Wozniacki desiste de jogar o Torneio de Washington e Stephens vence na estreia

Na sua gloriosa carreira, com 23 títulos de Grand Slam, Serena nuca havia sofrido uma derrota tão acachapante, em que só havia vencido um game em uma partida completa, superando os 6/2 e 6/0 que levou da romena Simona Halep em 2014. Em 2007, ela não venceu nenhum game contra a suíça Patty Schnyder, mas abandonou a quadra quando o placar era de 6/0 e 3/0.

Finalista de Wimbledon, Serena é a número 26 do mundo e disputava na Califórnia o seu quinto torneio na temporada e desde que deu à luz sua filha, Alexis Olympia, em setembro passado, sendo que ela já havia sido campeã três vezes em San Jose. Além disso, foi seu primeiro jogo desde a derrota na decisão do terceiro Grand Slam da temporada para a alemã Angelique Kerber.

Mas após atuar em alto nível em Londres, Serena teve atuação para esquecer contra Konta. Ela cometeu sete duplas faltas, perdeu o seu saque em seis oportunidades e só venceu 27 dos 80 pontos disputados na partida. Assim, foi facilmente superada pela britânica, que agora vai encarar outra tenista dos Estados Unidos, Sofia Kenin, nas oitavas de final do Torneio de San Jose.

Em outros jogos desta terça-feira pelo evento da WTA, a norte-americana Ashley Kratzer, a bielo-russa Vera Lapko, a húngara Timea Babos, a romena Mihaela Buzarnescu a britânica Heather Watson triunfaram pela primeira rodada.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênis Serena Williams Johanna Konta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.