Serena Williams bate compatriota e se classifica às oitavas de final em Madri

Líder disparada do ranking mundial da WTA, a norte-americana Serena Williams não para de vencer. E mais uma vez de forma arrasadora. Na estreia do Torneio de Madri, na Espanha, no domingo, só perdeu um game. Nesta segunda-feira, aplicou um 6/4 e 6/0 na compatriota Sloane Stephens para se classificar às oitavas de final da competição espanhola disputada em quadras de saibro.

Estadão Conteúdo

04 de maio de 2015 | 17h02

Na próxima fase, Serena Williams poderá ter um reencontro com uma antiga rival pela liderança do ranking. Nesta terça-feira, a bielo-russa Victoria Azarenka enfrenta a croata Ajla Tomljanovic e se vencer reeditará duelos que envolveram até final do US Open. Ex-número 1 do mundo, a tenista da Bielo-Rússia atualmente está na 31.ª colocação, mas está crescendo de produção depois de se recuperar de problemas físicos.

Também com um "pneu" - nome dado para quem vence um set por 6/0 -, a dinamarquesa Caroline Wozniacki avançou às oitavas de final ao derrotar a norte-americana Christina Mchale por 2 sets a 0 - o primeiro foi por 7/5. Agora, a cabeça de chave número 5 joga contra a polonesa Agnieszka Radwanska, 9.ª pré-classificada, que bateu a australiana Casey Dellacqua por 6/2 e 6/1.

Em um jogo equilibrado, a russa Svetlana Kuznetsova eliminou a espanhola Garbine Muguruza por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 5/7 e 7/5. Sua próxima rival será a australiana Samantha Stosur, que ganhou da estoniana Kaia Kanepi por 6/3 e 6/2.

Também nesta segunda-feira avançaram a italiana Roberta Vinci - ganhou da francesa Alize Cornet por 6/4 e 7/5 -, a checa Lucie Safarova (cabeça 13) - bateu a búlgara Tsvetana Pironkova por 6/3 e 6/1 - e a romena Irina Camelia Begu, que nem precisou entrar em quadra com a desistência da alemã Andrea Petkovic, a cabeça de chave número 11 da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.