Serena Williams nega ter cometido ´jogo sujo´ na Austrália

A tenista norte-americana Serena Williams, que neste sábado disputará o título do Aberto da Austrália contra a russa Maria Sharapova, negou nesta sexta-feira ter armado algum tipo de trapaça para derrotar a checa Nicole Vaidisova nas semifinais. Serena havia sido acusada de contar com a ajuda de um "amigo íntimo" na arquibancada, que durante boa parte do jogo incomodou Vaidisova refletindo a luz do sol através do vidro do relógio. A televisão australiana teria filmado o reflexo do relógio nos olhos da checa enquanto ela sacava. "Não quero mais ouvir perguntas sobre esse assunto", contou Serena. "Acredito que essa história foi criada para chamar a atenção. Não teria nenhum motivo para que uma coisa dessas fosse cometida." Serena venceu a partida por 7/6 (7/5) e 6/4. No entanto, Serena disse conhecer o torcedor que teria incomodado a rival. Trata-se de um jovem australiano, o qual ela conheceu aos 12 anos de idade. Do outro lado, Vaidisova contou que não perdeu por causa do reflexo e que não apresentará queixa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.