Kena Betancur/AFP
Kena Betancur/AFP

Serena Williams passa Hingis e se torna a 4.ª maior líder do ranking

Norte-americana supera a suíça ao alcançar 210 semanas como a número 1 do mundo e agora tenta alcançar 260 e bater Chris Evert

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2014 | 11h21

A norte-americana Serena Williams nem precisou entrar em quadra na semana passada para escrever mais uma vez o seu nome na história do tênis feminino. Nesta segunda-feira, ela se tornou a quarta jogadora que liderou por mais tempo o ranking da WTA, superando a marca da suíça Martina Hingis, ao alcançar a 210ª semana como número 1 do mundo.

Dona de 18 títulos dos torneios do Grand Slam, Serena agora vai tentar atingir a marca de 260 semanas da norte-americana Chris Evert, mas precisará de quase um ano como número 1 do mundo para ultrapassá-la. A alemã Steffi Graff é quem por mais semanas liderou a lista - 377 -, seguida da norte-americana Martina Navratilova, com 332.

Além disso, Serena completou 87 semanas seguidas na liderança, com 8.645 pontos. Assim, ele segue com quase 2 mil pontos de vantagem para a segunda colocada, a russa Maria Sharapova, com 6.680. Tudo isso é apoiado pela boa temporada da norte-americana, com 48 vitórias em 57 partidas e seis títulos. Agora, Serena voltará às quadras na semana que vem, quando participará do Masters da WTA, em Cingapura, onde estarão reunidas as oito melhores tenistas do mundo. 

A romena Simona Halep está em terceiro lugar no ranking, com 6.246, e a checa Petra Kvitova é a quarta colocada, com 6.126 pontos. Já a chinesa Na Li, mesmo aposentada, continua em quinto lugar no ranking, com 5.020 pontos.

A polonesa Agnieszka Radwanska subiu para a sexta posição no ranking, com 4.650, ultrapassando a canadense Eugenie Bouchard, que caiu para o sétimo lugar, com 4.523. A sérvia Ana Ivanovic, a dinamarquês Caroline Wozniacki e a alemã Angelique Kerber completam, em ordem, a lista das dez primeiras colocadas do ranking.

A australiana Samantha Stosur segue em 18º lugar após ser campeã do Torneio de Osaka. A checa Karolina Pliskova ganhou três posições e agora ocupa o 27º lugar depois de levar o título do Torneio de Linz. Já a norte-americana Alison Riske subiu 18 postos e se tornou a número 44 do mundo depois de se sagrar campeã do Torneio de Tianjin. 

Contundida e sem entrar em quadra nas últimas semanas, a brasileira Teliana Pereira deixou a lista das 100 melhores do mundo ao perder três posições na atualização desta segunda-feira do ranking da WTA. Agora ela é a número 102 do mundo com 543 pontos.

Confira a classificação atualizada do ranking da WTA:

1º -Serena Williams (EUA), 8.645 pontos 

2º -Maria Sharapova (RUS), 6.680

3º -Simona Halep (ROM), 6.246

4º -Petra Kvitova (RCH), 6.126

5º -Na Li (CHN), 5.020

6º -Agnieszka Radwanska (POL), 4.650

7º -Eugenie Bouchard (CAN), 4.523

8º - Ana Ivanovic (SER), 4.435

9º -Caroline Wozniacki (DIN), 4.215

10º - Angelique Kerber (ALE), 3.745

11º - Sara Errani (ITA), 3.085

12º - Ekaterina Makarova (RUS), 2.970

13º - Jelena Jankovic (SER), 2.945

14º - Dominika Cibulkova (ESQ), 2.908

15º - Flavia Pennetta (ITA), 2.642

16º - Andrea Petkovic (ALE), 2.495

17º - Lucie Safarova (RCH), 2.460

18º - Samantha Stosur (AUS), 2.430

19º - Carla Suárez Navarro (ESP), 2.370

20º - Venus Williams (EUA), 2.270

102º - Teliana Pereira (BRA), 543

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.