Serena Williams volta ao topo do ranking mundial

Serena Williams mostrou que o tênis não é dominado apenas pelas adolescentes ao voltar à liderança do ranking mundial nesta sexta-feira, tornando-se a mais velha a alcançar o posto, aos 31 anos.

Reuters

15 de fevereiro de 2013 | 19h49

A norte-americana é a número um pela sexta vez na carreira, depois de derrotar a ex-campeã de Wimbledon Petra Kvitova por 3-6, 6-3 e 7-5 nas quartas de final do Aberto do Catar.

Serena, cabeça-de-chave número dois do torneio, enfrentará na semifinal a russa Maria Sharapova, que também buscava a liderança do ranking nesta semana.

"Estou tão sensível atualmente, estou sempre chorando! Passei por tanta coisa, nunca pensei que estaria aqui de novo", disse Serena Williams, que se recuperou de uma desvantagem de 4 x 1 no terceiro set, ao público.

Aos 31 anos, quatro meses e 24 dias, ela é a mais velha a ocupar o topo do ranking desde o início dos cálculos dos rankings, em 1975. Serena superou a também norte-americana Chris Evert, que tinha 30 anos, 11 meses e três dias quando liderou o ranking em 1985.

Desde então, adolescentes como Steffi Graf, Monica Seles e Sharapova ocuparam a primeira colocação do ranking. No entanto, mais de uma década depois de ocupar a liderança pela primeira vez, Serena, que tem 15 títulos de Grande Slam, mostra que ainda tem gana para o sucesso.

(Reportagem de Pritha Sarkar e Martyn Herman em Londres)

Tudo o que sabemos sobre:
TENISSERENALIDER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.