Srdjan Suki/ EFE
Srdjan Suki/ EFE

Sérvia e França vencem nas duplas e se enfrentam nas semifinais da Copa Davis

Duelo por vaga na decisão será realizado entre 15 e 17 de setembro em local a ser definido

Estadao Conteudo

08 de abril de 2017 | 15h30

Sérvia e França aproveitaram neste sábado a condição de mandantes, venceram suas partidas de duplas nas quartas de final da Copa Davis, abriram 3 a 0 nas respectivas séries melhor de cinco e se enfrentarão nas semifinais da competição. O duelo por uma vaga na decisão será realizado entre 15 e 17 de setembro, com mando dos franceses, em local a ser definido.

Liderada por Novak Djokovic, a Sérvia tinha saído na frente no duelo contra a Espanha, na sexta-feira, após o ex-número um do mundo derrotar Albert Ramos-Viñolas e Viktor Troicki superar Pablo Carreño Busta.

E, com dificuldade, a dupla formada por Nenad Zimonjic e pelo próprio Troicki venceu neste sábado Marc Lopez e Carreño Busta por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 7/6 (7/4), 6/0, 4/6 e 6/2. Assim, eles garantiram a Sérvia nas semifinais da Davis.

Já a França avançou após, também neste sábado, Julien Benneteau e Nicolas Mahut superarem os britânicos Dominic Inglot e Jamie Murray, por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (9/7), 5/7, 7/5 e 7/5.

Na sexta, os franceses tinham aberto 2 a 0 com certa tranquilidade diante da Grã-Bretanha, depois de Jeremy Chardy e Lucas Pouille atropelarem, respectivamente, Daniel Evans e Kyle Edmund. Assim, com mais um triunfo, se garantiram nas semifinais. A equipe francesa enfrentou a Sérvia apenas uma vez, na decisão de 2010, com vitória para o adversário.

OUTROS DUELOS

Depois de perderem seus dois jogos na sexta-feira, Itália e Estados Unidos reagiram neste sábado, ganharam nas duplas e se mantiveram com chances de também avançar às semifinais.

Jogando em casa, a Bélgica tinha vencido as duas partidas de simples contra os italianos na sexta. Mas, neste sábado, Simone Bolelli e Andreas Seppi fizeram um jogo duro e mantiveram a Itália com chances, ao superarem Ruben Bemelmans e Joris de Loore por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/3, 6/4, 3/6 e 7/6 (8/6).

Já os Estados Unidos, que haviam perdido os dois jogos de simples, também atuando fora de casa, fizeram o primeiro ponto após Steve Johnson e Jack Sock derrotarem Samuel Groth e John Peers por 3 a 2, com parciais de 3/6, 6/3, 6/2, 2/6 e 6/3.

As partidas decisivas dos dois confrontos ocorrem no domingo. Com o apoio da torcida, Nick Kyrgios e Jordan Thompson precisam vencer um de seus jogos contra, respectivamente, Jack Sock e John Isner para colocar a Austrália na semi. Já a Bélgica precisa que David Goffin ganhe de Paolo Lorenzi ou que Steve Darcis derrote Andreas Seppi.

Tudo o que sabemos sobre:
Tênistênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.