Robson Fernandes/Estadão
Robson Fernandes/Estadão

Sharapova anuncia parceria com técnico Jimmy Connors

Neste ano, a russa vem fazendo uma temporada de bons resultados no circuito mundial

AE, Agência Estado

13 de julho de 2013 | 11h01

BRADENTON, EUA - Após anunciar o rompimento da parceria com o sueco Thomas Hogstedt, a russa Maria Sharapova confirmou neste sábado que o norte-americano Jimmy Connors, uma das lendas do tênis, será seu novo treinador.

"Estou feliz em anunciar que Jimmy Connors será meu novo técnico. Conheço Jimmy há muitos anos e chegamos a trabalhar por pouco tempo em 2008, um pouco antes do Aberto da Austrália. Estou muito empolgada para iniciar nossa parceria e ansiosa para os próximos torneios", afirmou a atual número dois do mundo.

Na quinta, Sharapova havia anunciado o fim do trabalho de Thomas Hogstedt, com quem trabalhou nos últimos três anos. Sob o comando do sueco, a musa chegou a duas finais de Roland Garros, e venceu em 2012, e retomou a liderança do ranking, ainda que de forma breve.

Neste ano, a russa vem fazendo uma temporada de bons resultados. Foi semifinalista no Aberto da Austrália, foi vice-campeã em Roland Garros (derrotada por Serena Williams), mas decepcionou em Wimbledon, no fim do mês passado. Ela protagonizou uma das várias "zebras" do torneio ao cair diante da portuguesa Michelle Larcher De Brito, logo na segunda rodada.

A parceria com Jimmy Connors, um especialista em quadras rápidas, inicia-se semanas antes do início da temporada de piso duro no circuito profissional. O americano terá sua segunda experiência como treinador. Entre 2006 e 2008, ele trabalhou com o compatriota Andy Roddick, outro ex-líder do ranking - Roddick se aposentou no ano passado.

Connors, atualmente com 60 anos, foi um dos maiores vencedores da chamada Era Aberta do tênis. Venceu três dos quatro torneios de Grand Slam - foram 8 conquistas; só não venceu em Roland Garros - e esteve no Top 10 do ranking por cerca de 15 anos.

Ele é o dono do recorde de títulos no masculino, com incríveis 109 troféus (para efeito de comparação, Roger Federer, ainda na ativa, tem 77). E exibiu o retrospecto de 1249 vitórias e 277 derrotas - o suíço tem 905-205.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMaria SharapovaJimmy Connors

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.