Sharapova é premiada por trabalho duro

O primeiro título de Maria Sharapovano Aberto da Austrália foi um prêmio por todo o trabalho duroque ela teve que fazer para melhorar seu jogo depois datemporada de 2007, em que sofreu com contusões, afirmou a russaneste sábado. A quinta cabeça-de-chave superou Ana Ivanovic (quartacabeça-de-chave) por 7/5 e 6/3 para vencer seu primeiro títuloem Melbourne Park e seu terceiro de Grand Slam após serecuperar de um problema no ombro. "É incrível", afirmou Sharapova após a partida. "Algumasvezes, quando você está treinando, parece tão difícil e vocênunca sabe quando será recompensada por todo o trabalho. "Quando você enfrenta momentos duros, você nunca sabequando você terá bons momentos. Estou muito feliz por terconseguido este agora." Sharapova sacou consistentemente durante toda a partida,mantendo Ivanovic sob pressão com sua força e precisão, mas elaafirmou que já sacou melhor nas vitórias sobre LindsayDavenport e Justine Henin no caminho para a final do torneio. "Não acho que hoje foi meu melhor dia no saque durante otorneio", disse ela. "Eu saquei melhor contra Lindsay eJustine. Mas eu fiz as coisas que precisava fazer para vencer apartida." Sharapova foi perguntada se a vitória dela foi ainda maisdoce porque ela perdeu a final do Aberto da Austrália do anopassado. "Não. É apenas gratificante vencer um torneio desse tipo evencer um que você nunca conquistou antes, especialmente depoisde algumas derrotas duras que eu tive", disse ela. Sharapova também elogiou Ivanovic, de 20 anos, uma jogadoraque ela espera enfrentar regularmente nos próximos anos. "Não sei se é rivalidade", disse ela. "Penso que nósprovavelmente teremos que jogar mais vezes para se tornar umarivalidade. Somos duas das melhores jogadoras do mundo. E somosambas jovens. Acho que temos grandes carreiras pela frente."

ED OSMOND, REUTERS

26 de janeiro de 2008 | 13h10

Tudo o que sabemos sobre:
TENISSHARAPOVAPERFIL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.