Andy Rain/EFE
Andy Rain/EFE

Sharapova é surpreendida por portuguesa em Wimbledon

Michelle Larcher de Brito, 131.ª colocada da WTA, protagonizou mais uma zebra no torneio

AE, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 14h04

LONDRES - Depois de Rafael Nadal cair na estreia da chave masculina de Wimbledon, nesta quarta-feira foi a vez de Maria Sharapova dar adeus de forma surpreendente ao Grand Slam inglês. Atual terceira colocada do ranking mundial, a tenista russa foi derrotada pela portuguesa Michelle Larcher de Brito, hoje a 131.ª colocada da WTA, que venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Sharapova já havia sofrido um pouco para superar a francesa Kristina Mladenovic em sua estreia e nesta segunda rodada em Londres esteve irreconhecível no primeiro set. Na segunda parcial, após chegar a pedir atendimento médico por causa de aparentes dores na perna esquerda, ela sucumbiu diante da jovem rival de 20 anos de idade.

Michelle Larcher de Brito precisou jogar o qualifying para entrar na chave principal de Wimbledon, mas não se intimidou diante da atual vice-campeã de Roland Garros e assim se credenciou para enfrentar na terceira rodada a italiana Karin Knapp, que nesta quarta superou a checa Lucie Safarova por 2 sets a 1, com 4/6, 6/4 e 6/4.

Essa foi a primeira vez que Sharapova enfrentou a tenista portuguesa em sua carreira. E a jovem adversária já começou este primeiro confronto entre as duas com tudo. Na condição de franco atiradora, ela aproveitou duas de quatro chances de quebrar o saque da russa, que chegou a converter um de quatro break points, mas não evitou a derrota por 6/3 na primeira parcial.

Já no segundo set, a portuguesa logo conseguiu uma nova quebra, abriu 4/2 de vantagem e começou a colocar pressão sobre Sharapova, com muita coragem nos golpes do fundo de quadra. E, após ser atendida na quadra, ir para os vestiários e voltar para o duelo, a russa ainda mostrou resistência ao salvar quatro match points no décimo game, mas depois foi liquidada pela revelação portuguesa.

Desta forma, Sharapova amargou a sua pior campanha em um Grand Slam desde quando foi eliminada na estreia do Aberto da Austrália de 2010. Já em Wimbledon, ela não caía antes da quarta rodada desde 2009, quando foi superada também em seu segundo jogo no All England Club.

WOZNIACKI E IVANOVIC TAMBÉM CAEM 

Não foi apenas Sharapova que acabou surpreendida neste dia de confrontos na chave feminina de Wimbledon. A dinamarquesa Caroline Wozniacki e a sérvia Ana Ivanovic, duas ex-líderes do ranking mundial, também deram adeus à competição nesta segunda rodada.

Nona cabeça de chave do Grand Slam e atual nona colocada da WTA, Wozniacki foi arrasada pela checa Petra Cetkovska, atual 196.ª do ranking mundial, por duplo 6/2, enquanto Ivanovic, a 12.ª pré-classificada, foi surpreendida pela canadense Eugenie Bouchard, que também ganhou de forma categórica ao aplicar duplo 6/3. Em decadência, a dinamarquesa também foi eliminada na segunda rodada de Roland Garros.

Desta forma, Cetkovska se credenciou para encarar na terceira rodada a vencedora do duelo entre a norte-americana Sloane Stephens e a alemã Andrea Petkovic, também programado para ser encerrado nesta quarta. Já a tenista do Canadá medirá forças na próxima fase com a espanhola Carla Suárez Navarro, que passou pela croata Mirjana Lucic-Baroni por 2 sets a 1, de virada, com 1/6, 6/3 e 6/3.

Já a checa Petra Kvitova, oitava cabeça de chave, nem precisou entrar em quadra para avançar à terceira rodada nesta quarta. Ela contou com a desistência da casaque Yaroslava Shvedova, batida por W.O.. Com isso, Kvitova chegará descansada na terceira rodada para encarar a russa Ekaterina Makarova, que nesta quarta sofreu para superar a espanhola Garbine Muguruza por 2 sets a 1, com 6/2, 6/7 (3/7) e 6/4.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisWimbledonMaria Sharapova

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.