Julian Smith/EFE
Julian Smith/EFE

Sharapova elimina sueca e encara Wozniacki na 3ª rodada do Aberto da Austrália

Russa venceu Rebecca Peterson com parciais de 6/2 e 6/1

Redação, Estadão Conteúdo

16 Janeiro 2019 | 12h29

Com a mesma facilidade que teve na estreia, quando aplicou uma "bicicleta" - um duplo 6/0 -, a russa Maria Sharapova venceu nesta quarta-feira e avançou à terceira rodada do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, em Melbourne. Com as parciais de 6/2 e 6/1, em 1 hora e 11 minutos, a ex-número 1 do atual 30.ª colocada do ranking da WTA bateu a sueca Rebecca Peterson, que está em 64.º lugar.

Depois de tantas facilidades, a próxima adversária de Sharapova promete dar muito mais trabalho. Trata-se da dinamarquesa Caroline Wozniacki, também ex-líder do ranking e atual campeã do Aberto da Austrália, título que a russa conquistou em 2008. Por coincidência, nesta quarta-feira, a número 3 do mundo também bateu uma rival sueca - fez 6/1 e 6/3 em Johanna Larsson, em apenas 1 hora e seis minutos.

No confronto direto no circuito profissional, Sharapova leva uma pequena vantagem depois de 10 partidas realizadas. São seis vitórias, contra quatro de Wozniacki. Mas a dinamarquesa se deu melhor nas duas vezes em que elas se enfrentaram em Grand Slams - ambas nas oitavas de final do US Open, em Nova York, nos anos de 2010 e 2014.

A partida desta quarta-feira foi a última da programação do dia em Melbourne. Assim, Sharapova e Peterson entraram em quadra depois das 23 horas locais (10 horas, no horário de Brasília) e o jogo só acabou no início da madrugada. "Não sei sobre vocês, mas isso passou do meu horário de dormir", brincou a russa na entrevista logo após a partida, ainda na quadra da Margaret Court Arena, a segunda maior do Aberto da Austrália.

"Estava pensando justamente sobre qual hora iria poder dormir esta noite. No geral, penso que joguei uma partida sólida. Não é fácil estar na última partida do dia, considerando que os primeiros jogos começam às 11 horas da manhã. É diferente na questão da preparação, mas estou feliz com minha performance", completou Sharapova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.