David Gray/AFP
David Gray/AFP

Sharapova elimina Wozniacki e vai às oitavas do Aberto da Austrália

Apesar de oscilação, russa fez 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3, na atual número 3 do mundo

Redação, Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2019 | 08h45

Atual campeã do Aberto da Austrália, Caroline Wozniacki deixou a edição de 2019 do evento na terceira rodada em um confronto de ex-líderes do ranking da WTA. Nesta sexta-feira, a número 3 do mundo perdeu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3, para a russa Maria Sharapova, a 30ª colocada no ranking.

As tenistas oscilaram no confronto. No primeiro set, Wozniacki chegou a abrir 4/1, logo após converter break point no quarto game. Mas depois perdeu cinco seguidos, sendo superada por 6/4. Já na segunda parcial, a dinamarquesa fez 3/0, mas permitiu que Sharapova empatasse o placar em 3/3. Porém, Wozniacki converteu break point no décimo game, fazendo 6/4 e igualando o placar.

No set decisivo, Sharapova quebrou o saque de Wozniacki no sétimo game e confirmou o seu na sequência, fazendo 5/3. Depois, converteu novo break point, no seu segundo match point no duelo, para fechar a partida.

Dona de cinco títulos de Grand Slam, incluindo a edição de 2008 do Aberto da Austrália, evento em que foi vice-campeã três vezes, Sharapova vai enfrentar nas oitavas de final a local Ashleigh Barty, a quem derrotou nos dois compromissos anteriores.

Nesta sexta-feira, a número 15 do mundo avançou pela primeira vez para esta etapa em Melbourne ao superar a grega Maria Sakkari, a 43ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, em 1 hora e 22 minutos, mesmo que tenha recebido atendimento médico durante o duelo.

Número 5 do mundo, a norte-americana Sloane Stephens sobreviveu a dois tie-breaks e a um início lento de jogo para se garantir nas oitavas de final do Aberto da Austrália ao derrotar a croata Petra Martic, a 32ª colocada no ranking, por 7/6 (8/6) e 7/6 (7/5), em 2 horas.

A próxima rival de Stephens vai ser a russa Anastasia Pavlyuchenkova, número 42 do mundo, que venceu fácil a bielo-russa Aliaksandra Sasnovich (33ª) por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/3.

A checa Petra Kvitova, a número seis do mundo, também se garantiu nas oitavas de final do Aberto da Austrália ao vencer a suíça Belinda Bencic, a 49ª colocada no ranking, por 6/1 e 6/4, em apenas 1 hora e 8 minutos.

Nas oitavas de final, a sua oponente será a norte-americana Amanda Anisimova, de apenas 17 anos. A número 87 do mundo surpreendeu nesta sexta-feira ao derrotar a bielo-russa Aryna Sabalenka, a 11ª colocada no ranking por 6/3 e 6/2.

Quem também segue surpreendendo é a norte-americana Danielle Collins, que antes desta edição do Aberto da Austrália nunca havia vencido uma partida de Grand Slam. Agora, porém, a número 35 do mundo já está nas oitavas de final ao vencer a francesa Caroline Garcia (19ª) por 6/3 e 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.