Joseph Nair/AP
Joseph Nair/AP

Sharapova oscila, mas vence de novo na estreia do Masters da WTA

Russa perde primeiro set, mas vira sobre Agnieska Radwanska

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2015 | 15h12

Em sua estreia no Masters da WTA, a russa Maria Sharapova começou perdendo o primeiro set. Oscilou no saque ao longo de toda a partida contra a polonesa Agnieszka Radwanska. Mas obteve grande virada para vencer sua primeira partida em pouco mais de três meses, pelo placar de 4/6, 6/3 e 6/4.

Sharapova não vencia desde a fase de quartas de final de Wimbledon, no início de julho. Depois de ser eliminada na semifinal, sofreu com lesões - primeiro na perna direita, depois no braço esquerdo - e disputou apenas uma partida, em Wuhan, na China, onde desistiu no terceiro set.

Diante desta ausência prolongada no circuito, Sharapova gerou expectativa da torcida antes de sua estreia em Cingapura, onde jogam as oito melhores tenistas do ano (com exceção de Serena Williams, a número 1 do mundo, que antecipou o fim de sua temporada). E as preocupações dos fãs até se justificaram no set inicial, quando Radwanska aproveitou a falta de ritmo da rival para começar a partida em vantagem.

Sharapova mostrou irregularidade no saque. Em toda a partida, cometeu 12 duplas faltas e cravou oito aces. Mas a partir do segundo set a russa cresceu no jogo e passou a pressionar a polonesa. Radwanska começou a acumular erros na rede e permitiu a reação de Sharapova, que sacramentou a virada após 2h47min.

Com o triunfo, a tenista da Rússia tem vantagem no Grupo Vermelho, atrás apenas da romena Simona Halep, que mais cedo arrasou a italiana Flavia Pennetta em sets diretos, com direito a um "pneu". Na segunda rodada da chave, na terça-feira, Sharapova enfrentará justamente Halep, enquanto Radwanska terá pela frente Pennetta.

O Grupo Branco do Masters da WTA vai entrar na disputa nesta segunda-feira. A espanhola Garbiñe Muguruza vai enfrentar a checa Lucie Safarova. Em seguida, a checa Petra Kvitova duelará com a alemã Angelique Kerber.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.