David Josek/AP Photo
David Josek/AP Photo

Sharapova vence e Rússia está a um triunfo do título da Fed Cup

Russa bateu checa Petra Kvitova por 2 sets a 1, de virada

Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2015 | 12h49

Maria Sharapova deixou a Rússia a um ponto de conquistar o título da Fed Cup, neste domingo, em Praga, ao vencer Petra Kvitova por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/2. Com o triunfo, as russas passaram a ficar em vantagem de 2 a 1 na série melhor de cinco partidas com a República Checa na decisão da competição que é equivalente à Copa Davis no tênis masculino.

Com o triunfo, a Rússia terá a primeira chave de assegurar a taça neste domingo no jogo em que Anastasia Pavlyuchenkova encara a checa Karolina Pliskova no segundo duelo de simples do dia. Caso a tenista da casa leve a melhor neste confronto, o título será definido no confronto de duplas que ocorrerá em seguida, que prevê a partida entre a parceria formada pelas checas Lucie Safarova e Barbora Strycova e as russas Ekaterina Makarova e Elena Vesnina.

Atuando em casa, a República Checa luta para conquistar pela quarta vez a Fed Cup, após ter ficado com o título em 2011, 2012 e 2014. Já as russas almejam um pentacampeonato depois de terem sido vencedoras do torneio em 2004, 2005, 2007 e 2008.

No último sábado, no início desta final, Kvitova colocou as checas na frente ao passar por Pavlyuchenkova por 2 sets a 1. Em seguida, porém, Sharapova empatou o confronto entre os países para a Rússia ao derrotar Pliskova por 2 sets a 0.

Na primeira partida deste domingo na decisão da Fed Cup, Kvitova, atual sexta colocada do ranking mundial, começou melhor. Sem oferecer nenhuma chance de quebra de saque para Sharapova, ela ainda converteu dois de cinco break points para fazer 6/3.

A russa, porém, começou a reagir no segundo set, no qual aproveitou duas de seis chances de quebrar o saque da checa, que só converteu um de seis break points e caiu por 6/4. Com a confiança renovada, Sharapova passou a ser dominante com o saque na mão e converteu mais dois de três break points para fazer 6/2 no terceiro set e liquidar o confronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.