Sharapova visitará áreas atingidas por acidente de Chernobyl

Tenista fará a visita no papel de embaixadora da boa vontade do Programa das Nações Unidas

Efe,

25 de abril de 2008 | 15h42

A tenista russa Maria Sharapova visitará em breve as áreas atingidas pela nuvem radioativa provocada pela catástrofe na usina nuclear de Chernobyl (Ucrânia), informou nesta sexta-feira a emissora de rádio Ecos de Moscou. Sharapova, que acaba de completar 21 anos, realizará esta visita no papel de embaixadora da boa vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). A atleta russa, que mora nos EUA desde os sete anos, doou em várias oportunidades dinheiro para ajudar os atingidos pela catástrofe que aconteceu no dia 26 de abril de 1986. Por causa deste acidente nuclear, os pais de Sharapova se viram obrigados a abandonar a Belarus e emigrar para a Sibéria, onde ela nasceu no dia 19 de abril de 1987, menos de 12 meses após a catástrofe.

Tudo o que sabemos sobre:
Maria SharapovaWTAChernobyl

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.