Só 1 brasileiro garantido na Austrália

O tênis brasileiro termina o ano de 2005 com apenas um jogador entre os cem primeiros. É o gaúcho Marcos Daniel, que na lista divulgada nesta segunda-feira pela ATP, aparece na 97.ª colocação. Com isso, é o único do País já garantido na chave principal do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam de 2006, que será disputado a partir do dia 16 de janeiro e leva em conta a classificação do ranking de 40 dias antes do início do torneio para a elaboração da chave. Outros dois brasileiros, Flávio Saretta, em 109.º do ranking e Ricardo Mello, 111, têm esperanças de também conseguir um lugar na competição sem precisar jogar o difícil qualifying, mas para isso precisam torcer pela desistência de tenistas que estejam à sua frente na classificação. Gustavo Kuerten vai encerrar o ano de 2005 apenas em 294 do mundo, mas já anunciou que não joga na Austrália e programa sua volta apenas para fevereiro. Esta semana, os principais tenistas brasileiros estarão jogando na praia de Copacabana, no Rio, no desafio Petrobrás de tênis. Nesta terça-feira tem início a fase internacional do evento, com os jogos do equatoriano Nicolas Lapentti diante do alemão Nicolas Kiefer, às 19 horas, e a seguir o brasileiro Ricardo Mello enfrenta o norte-americano Robby Ginepri.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2005 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.