Soares bate Sá em duelo brasileiro e avança nas duplas na Austrália

Ao lado de parceiro austríaco, Bruno Soares ganha na primeira rodada do Grand Slam

Agência Estado

15 de janeiro de 2014 | 09h13

MLEBOURNE - A chave de duplas masculinas do Aberto da Austrália começou a ser disputada nesta quarta-feira, dia marcado por um duelo envolvendo dois tenistas brasileiros. E, atuando ao lado do austríaco Alexander Peya, Bruno Soares justificou favoritismo como segundo cabeça de chave ao derrotar o seu compatriota André Sá e o espanhol Feliciano López por duplo 6/4 na estreia.

Sem ter o saque quebrado nenhuma vez, Soares e Peya converteram dois de quatro break points para encaminhar o triunfo em sets diretos em apenas uma hora e 19 minutos.

Assim, Soares e Peya se credenciaram para enfrentar na próxima fase o indiano Mahesh Bhupathi e o norte-americano Rajeev Ram, que na primeira rodada do Grand Slam realizado em Melbourne derrotaram o colombiano Santiago Giraldo e o português João Sousa por 2 sets a 1, com 4/6, 6/3 e 6/4.

Vice-campeões em Doha e Auckland neste início de temporada, o brasileiro e o austríaco foram eliminados na segunda rodada do Aberto da Austrália do ano passado e atualmente só estão atrás dos irmãos norte-americano Mike e Bob Bryan no ranking mundial de duplas.

A quarta-feira em Melbourne também marcou a volta ao circuito profissional do veterano australiano Patrick Rafter, de 41 anos, que interrompeu a sua aposentadoria para atuar nas duplas ao lado do compatriota Lleyton Hewitt. E os dois ex-líderes do ranking mundial acabaram derrotados na estreia pelo norte-americano Eric Butorac e pelo sul-africano Raven Klaasen por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.