Soares celebra primeiro título com novo parceiro e mira o Aberto da Austrália

A nova parceria de Bruno Soares com Jamie Murray, irmão de Andy Murray, teve um grande início. Depois de chegar à semifinal no torneio de estreia, em Doha, a dupla conquistou seu primeiro título logo na segunda tentativa, ao vencer em Sydney neste sábado. O troféu e a forma como a dupla atuou na decisão diante do indiano Rohan Bopanna e do romeno Florian Mergea agradaram bastante o brasileiro.

Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2016 | 12h06

"O jogo foi muito bom. Foi o nosso melhor jogo de todos até agora. Fizemos um grande primeiro set, com os dois jogando e sacando muito bem. Conseguimos executar as nossas jogadas bem, quase não fizemos erros não forçados e aproveitamos as poucas chances que tivemos. Isso era muito importante. No segundo set a coisa emparelhou mais. Apesar de a gente ter tido um monte de break points, eles conseguiram jogar bem e salvar. Foi importante ganhar em dois sets e virar, depois de estar perdendo o tie-break por 5 a 0. Não tivemos que passar pelo sofrimento do super tie-break", avaliou.

Com o título, Soares e Murray vão confiantes para o primeiro Grand Slam da temporada, o Aberto da Austrália, que começa nesta segunda-feira. "É sempre bom começar o ano com título. Chegar na final já dava uma confiança muito boa para Melbourne. Ganhar dá ainda um pouco mais. Temos que manter esse embalo, essa postura, melhorar a cada dia, com foco e muita energia para o primeiro Grand Slam do ano e o primeiro que vamos jogar juntos", disse Soares.

O triunfo em Sydney também dará à nova dupla a primeira colocação no ranking de duplas do ano na nova atualização, que sairá na próxima segunda. E a expectativa para o resto da temporada é a melhor possível. "Espero que a gente esteja nesta posição no final do ano", apontou o brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de SydneyBruno Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.