Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Soares começa ano sonhando com título de Grand Slam

Temporada inicia já na próxima semana, com o ATP 250 de Doha. Primeira meta é vencer o torneio de duplas do Aberto da Austrália

Estadão Conteúdo

02 de janeiro de 2015 | 14h21

Décimo colocado no ranking de duplas da ATP, o brasileiro Bruno Soares abrirá a sua temporada já na próxima semana, com a participação no Torneio de Doha, um ATP 250, ao lado do seu parceiro, o austríaco Alexander Peya. E ele revelou que a sua meta em 2015 é dar mais um passo à frente com a conquista de um título dos torneios do Grand Slam.

"Nossa principal meta neste ano é vencer um Grand Slam masculino", comentou Soares, que utilizará os Torneios de Doha e de Auckland, este marcado para começar em 12 de janeiro e que também é um ATP 250, como preparação para o Aberto Austrália, com início no dia 19 em Melbourne. "Já estou em Doha com o Alex para realizarmos a fase final de preparação visando esses primeiros torneios e o Australian Open", completou.

Soares já venceu dois Grand Slams, mas em duplas mistas, em 2012 e no ano passado, quando faturou o US Open. Foi no torneio nova-iorquino, aliás, que o brasileiro chegou mais perto de ser campeão de duplas masculinas em um Grand Slam, pois em 2013 ele e Peya foram vice-campeões. Às vésperas do Aberto da Austrália, ele revelou uma motivação especial para tentar ser campeão em Melbourne.

"Treinei bastante nas últimas semanas, conversei com o Alex e da parte dele também está tudo bem, nós estamos muito confiantes para começar o ano bem e entrar com tudo no primeiro Grand Slam da temporada. Seria muito especial poder vencer na Austrália, pois o torneio acontece bem na época em que meu filho Noah estará para nascer", destacou.

Depois do Aberto da Austrália, Soares virá ao País para jogar o Brasil Open, a partir do dia 9, em São Paulo, e o Rio Open, na semana seguinte. Em março, será a vez de encarar a Argentina, fora de casa, pela Copa Davis, a partir do dia 6. Depois, ele seguirá aos Estados Unidos para os Masters 1000 de Indian Wells, que começa em 12 de março, e de Miami, a partir do dia 25.

"Ano de tenista é assim, sem parar do início ao fim! Mas estou com um bom pressentimento. Será um ano de acontecimentos especiais na minha vida pessoal e estamos trabalhando para que aconteça o mesmo no lado profissional", concluiu Soares.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBruno Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.