Fotojump
Fotojump

Soares e Murray sofrem, mas avançam à semifinal do Rio Open

Dupla do brasileiro confirma favoritismo sobre os argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman

Estadao Conteudo

23 Fevereiro 2017 | 21h06

O brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray sofreram nesta quinta-feira para confirmarem o favoritismo sobre os argentinos Andres Molteni e Diego Schwartzman, no Rio Open. Dupla cabeça de chave número 1, Soares/Murray precisou do match tie-break para vencer os rivais com parciais de 6/3, 5/7 e 11/9, em 1h48min de partida.

O triunfo garantiu brasileiro e escocês na semifinal da competição brasileira de nível ATP 500, disputada no saibro no Jockey Club. Seus próximos adversários sairão do confronto entre Pablo Carreño Busta/Pablo Cuevas e Facundo Bagnis/Gastão Elias. Eles se enfrentarão ainda nesta noite.

Com o resultado desta quinta, Soares já iguala seu desempenho nas três edições anteriores da competição carioca. Em todas, caiu na semifinal. Neste ano, ele terá mais uma chance de alcançar a final diante da torcida brasileira.

Além de Soares e Murray, os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah também asseguraram presença na semifinal. Eles derrotaram o norte-americano Nicholas Monroe e o neozelandês Artem Sitak por duplo 6/2. Na sequência, poderão encarar a dupla do brasileiro Marcelo Melo.

Melo e o polonês Lukasz Kubot vão enfrentar nesta noite a parceria formada pelo chileno Julio Peralta e pelo argentino Horacio Zeballos. Melo e Kubot formam a dupla cabeça de chave número dois do torneio.

CHAVE DE SIMPLES

Na outra chave da competição, foi definido mais um confronto das quartas de final. Será entre o ucraniano Alexandr Dolgopolov e o espanhol Pablo Carreño Busta. Embalado pelo título conquistado em Buenos Aires, no domingo, Dolgopolov superou Zeballos por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 4/6 e 6/4. Carreño Busta, por sua vez, despachou o dominicano Victor Estrella Burgos por 6/2, 4/6 e 6/2.

Ainda nesta quinta, a torcida carioca terá um duelo brasileiro na quadra central do Rio Open. Thomaz Bellucci, número 1 do Brasil, e Thiago Monteiro, número 2, vão se enfrentar pela primeira vez. Se vencer, Monteiro poderá desbancar Bellucci como o melhor brasileiro no ranking da ATP, o que já fizera há duas semanas.

Mais conteúdo sobre:
tênis Rio Open

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.