Oli Scarff/AFP
Oli Scarff/AFP

Soares e Murray vencem e se garantem na final de duplas em Washington

Brasileiro e britânico se classificam com vitória por 2 sets a 0 sobre sul-africano e neozelandês

Estadão Conteúdo

04 Agosto 2018 | 19h25

O brasileiro Bruno Soares está classificado à final da chave de duplas do Torneio de Washington, ATP 500 disputado em quadras duras. Neste sábado, o mineiro e o britânico Jamie Murray avançaram com a vitória na decisão sobre o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/2), em 1 hora e 35 minutos.

+ Em final com 'zebras', Martin Klizan bate rival usbeque e é campeão na Áustria

+ Del Potro avança à final em Los Cabos contra Fognini e busca dobradinha no México

Semifinalistas do Torneio de Washington em 2018, Soares e Murray já superaram a campanha do ano passado. E isso graças ao triunfo sobre a dupla que os eliminou nas quartas de final de Wimbledon nesta temporada. Meses antes, o brasileiro e o britânico haviam triunfado no Masters 1000 de Roma.

Esse confronto teve apenas uma quebra de serviço, obtida por Soares e Murray no primeiro set, sendo que eles salvaram três break points no duelo. Além disso, dispararam seis aces, enquanto os oponentes cometeram quatro duplas faltas.

Soares e Murray já conquistaram um título em 2018, do Torneio de Acapulco, no México, também um ATP 500. E também disputaram outras duas decisões, em Queen's e em Doha, sendo derrotados em ambas.

"A temporada de saibro foi muito difícil pra gente. Depois que terminou o saibro veio muita coisa que a gente gosta de jogar. Jogamos super bem Queen's (vice) e Wimbledon (quartas) e conseguimos voltar já com esse ritmo, em mais uma final de ATP 500. Vamos ver se a gente consegue ganhar agora, ao contrário de Queen's", afirmou o duplista brasileiro.

Além disso, esta será a 55ª decisão da carreira de Soares, que soma 28 títulos na sua carreira. E a segunda final foi há dez anos exatamente em Washington, onde foi vice-campeão em parceria com o zimbabuano Kevin Ullyett.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênis Bruno Soares Jamie Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.