P. Perusseau/EFE
P. Perusseau/EFE

Soares e Peya vencem e faturam título em Eastbourne

É o terceiro troféu obtido pela dupla na temporada e o quarto do brasileiro

AE, Agência Estado

21 de junho de 2013 | 13h05

EASTBOURNE - Confirmando o ótimo momento que vivem no circuito profissional do tênis, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya venceram os britânicos Colin Fleming e Jonathan Marray por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/3 e 10/8, e faturaram o título do torneio de duplas do ATP de Eastbourne, na Inglaterra.

Este foi o terceiro troféu obtido pela parceria nesta temporada, depois de terem se sagrado campeões do Brasil Open e do Torneio de Barcelona. Atuais vice-líderes do ranking mundial de duplas, Soares e Peya também chegarão embalados a Wimbledon, Grand Slam que começa na próxima segunda, pois antes de levantarem a taça em Eastbourne eles foram vice-campeões do ATP 250 de Queen''s, no último domingo, e avançaram até as semifinais de Roland Garros.

Cabeças de chave número 1 em Eastbourne, Soares e Peya chegaram a ser surpreendidos no primeiro set do confronto desta sexta, no qual os britânicos Fleming e Marray confirmaram todos os seus serviços e aproveitaram uma de duas chances de quebra de saque para assegurar a vantagem de 6/3.  

A partir do segundo set, porém, o brasileiro e o austríaco começaram a reagir. Eles converteram o único break point que tiveram na parcial e salvaram quatro oportunidades de quebra para devolver o 6/3 e empatar o jogo.  

E, no derradeiro set, Soares e Peya levaram a melhor no apertado super tie-break ao ganharem pela vantagem mínima de 10/8, frustrando os tenistas da Grã-Bretanha e seus torcedores.  

Esse é o quarto título de duplas do brasileiro nesta temporada, pois Soares também foi campeão do Torneio de Brisbane, quando atuou ao lado de Fleming, derrotado justamente por ele e Peya nesta sexta. Já formando dupla com o austríaco, o tenista do Brasil acumula um total de seis troféus, pois no ano passado eles foram campeões juntos em Valência, Tóquio e Kuala Lumpur.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.