Divulgação
Divulgação

Soares e Stefani estreiam com vitória no US Open; Djokovic avança

Mineiro vinha de derrota na semana passada na estreia do Torneio de Cincinnati

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2020 | 21h00

Bruno Soares e o croata Mate Pavic conseguiram uma surpreendente vitória na primeira rodada do torneio de duplas do US Open, nesta quarta-feira, em Nova York, ao derrotarem o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horácio Zeballos, atuais vice-campeões do Grand Slam norte-americano, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/4.

Campeão do US Open em 2016, mas apenas 27º colocado no ranking mundial de duplas, o mineiro Bruno Soares vinha de derrota na semana passada na estreia do Torneio de Cincinnati para a dupla formada pelo compatriota Marcelo Melo e pelo polonês Lukasz Kubot, eliminados nesta quarta-feira em Nova York pelos belgas Joran Vliegen e Sander Gillé por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4.

Nas oitavas de final, Soares e Pavic terão pela frente os vencedores do duelo entre os norte-americanos Jack Sock e Jackson Withrow diante do britânico Dominic Inglot e o paquistanês Aisam Ul-Haq Quereshi.

No torneio de duplas femininas, a brasileira Luísa Stefani e a norte-americana Hayley Carter tiveram de suar bastante para eliminarem as irmãs ucranianas Nadiia e Lyudmyla Kichenok, por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 5/7 e 6/3.

Campeãs em Lexington, há três semanas, Stefani e Carter aguardam as vencedoras da partida entre as japonesas Ena Shibahara e Shuko Aoyama contra as norte-americanas Ahn Li e Bernarda Pera.

Na chave masculina de simples, o sérvio Novak Djokovic precisou de 3h13 para superar o sul-africano Kyle Edmund (44º do ranking da ATP). Invicto na temporada, o número 1 do mundo chegou à 25 vitória consecutiva, depois de perder o primeiro set por 7/6 (7/5) e conseguir a virada com 6/3, 6/4 e 6/2. O próximo rival de Djokovic será o alemão Jan-Lennard Struff, que passou pelo norte-americano, nascido na Arábia Saudita, Michael Mmoh em três sets: duplo 6/2 e 7/5.

No feminino, a grande surpresa do dia foi a derrota da checa Karolina Pliskova, primeira cabeça de chave do torneio, diante da francesa Caroline Garcia, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/6 (7/2).

Campeã do torneio em 2016, a alemã Angelique Kerber passou pela compatriota Anna-Lena Friedsam em dois sets: 6/3 e 7/6 (8/6). Trabalho semelhante teve a checa Petra Kritova para marcar 7/6 (7/3) e 6/2 sobre a ucraniano Kateryna Kozlova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.