Soderling vence argentino e conquista título na Suécia

O sueco Robin Soderling mostrou, neste domingo, que está numa brilhante temporada. Com autoridade, derrotou o argentino Juan Monaco por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4) - e faturou o título do Torneio de Bastad, em seu país natal.

AE, Agencia Estado

19 de julho de 2009 | 12h42

A conquista do cabeça-de-chave número 2 da competição é a quarta de sua carreira e a primeira de um sueco em Bastad desde que Magnus Norman, hoje seu treinador, levantou o troféu de campeão em 2000. "Estou muito feliz. Não trocaria essa vitória por nenhum Grand Slam", exagerou Soderling.

Atual número 12 do ranking mundial da ATP, o sueco vive grande fase na carreira, especialmente quando joga no saibro, como é o caso de Bastad. Mas foi em Roland Garros que o tenista fez sucesso ao eliminar o espanhol Rafael Nadal, então número 1 do mundo e invicto em Paris, nas oitavas de final e só parar na decisão contra o suíço Roger Federer.

Contra Monaco, depois de um primeiro set tranquilo, Soderling começou a segunda parcial com um quebra de saque e abriu 4 a 1. No entanto, o argentino reagiu e empatou em 4 a 4 e levou a decisão ao tie-break. O sueco, então, não se desconcentrou e ganhou a partida num erro do rival.

"Ele (Monaco) jogou muito bem no segundo set. Fiquei nervoso, tenso e ele começou a jogar melhor e melhor. Mas esse era o jogo que esperava mesmo", disse Soderling.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.