Soderling vence fácil e segue na rota de Bellucci

Robin Soderling, sexto cabeça de chave do Torneio de Wimbledon, estreou com vitória no Grand Slam nesta terça-feira e ficou mais próximo de um possível confronto com o brasileiro Thomaz Bellucci na terceira rodada da competição. O tenista sueco venceu o norte-americano Robby Ginepri com facilidade por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/3, para avançar à próxima fase em Londres.

AE, Agência Estado

22 de junho de 2010 | 17h04

Com o resultado, o atual vice-campeão de Roland Garros enfrentará na segunda rodada o vencedor do confronto entre o espanhol Marcel Granollers e o português Frederico Gil, que se enfrentam em outro jogo que deverá ser encerrado nesta terça-feira.

Caso passe pela segunda rodada, o sueco terá pela frente na terceira rodada o ganhador do duelo entre o austríaco Martin Fischer e Bellucci, que nesta terça bateu o compatriota Ricardo Mello por 3 sets a 0 em sua estreia.

E, se Soderling venceu, outro cabeça de chave que se garantiu na segunda rodada de Wimbledon nesta terça foi o escocês Andy Murray. Listado como quarto maior favorito, ele passou sem grandes problemas pelo checo Jan Hajek por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/1 e 6/2. Na próxima fase, o tenista número 4 do ranking mundial terá pela frente o finlandês Jarkko Nieminen, que bateu o austríaco Stefan Koubek por 3 sets a 1, com 6/4, 7/6 (7/3), 5/7 e 6/2.

Mas, se Murray e Soderling confirmaram o favoritismo, o espanhol Fernando Verdasco não conseguiu fazer o mesmo ao cair logo na estreia de Wimbledon nesta terça-feira. Oitavo cabeça de chave, ele perdeu para o italiano Fabio Fognini por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (11/9), 6/2, 6/7 (6/8) e 6/4.

Por ter superado Verdasco, o tenista da Itália enfrentará na segunda rodada o norte-americano Michael Russell, que nesta terça bateu o espanhol Pere Riba-Madrid por 3 a 1, com 6/3, 7/6 (7/1), 2/6 e 7/6 (7/1).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.