Asanka Ratnayake/AFP
Asanka Ratnayake/AFP

Sorteio define duelo entre Venus e Coco Gauff na 1ª rodada no Aberto da Austrália

Veterana de 39 anos e novata de 15 vão fazer confronto entre americanas logo no começo da competição

Redação, Estadão Conteúdo

16 de janeiro de 2020 | 12h50

A mais jovem tenista da chave do Aberto da Austrália vai estrear diante da mais experiente. Nesta quinta-feira, o sorteio da chave feminina do primeiro Grand Slam da temporada determinou que as norte-americanas Coco Gauff, de 15 anos, e Venus Williams, de 39, vão se encontrar na primeira rodada do evento em Melbourne.

O duelo ocorreu em 2019 na primeira rodada de Wimbledon, com Gauff superando Venus e depois realizando uma campanha histórica, que a tornou a mais precoce tenista a atingir as oitavas de final em Londres desde Martina Hingis em 1996.

A vencedora de Coco x Venus poderá se encontrar na terceira rodada com a japonesa Naomi Osaka, atual campeã em Melbourne. E quem triunfar nesse confronto potencialmente poderá encarar a também norte-americana Serena Williams, dona de 23 títulos de Grand Slam, nas quartas de final.

Serena foi campeã do Torneio de Auckland na semana passada, no seu primeiro título desde sua vitória no Aberto da Austrália de 2017, o que incluiu um pausa na sua carreira para o nascimento de sua filha.

Ela será a oitava cabeça de chave em Melbourne e estreará contra Anastasia Potapova. Osaka jogará na primeira rodada com Marie Bouzkova. A australiana Ash Barty, a número 1 do mundo, está na mesma metade da chave, sendo uma potencial oponente na semifinal para Osaka, Serena, Venus ou Coco. Sete vezes campeã em Melbourne, Serena tentará novamente igualar o recorde de títulos de Grand Slam de Margaret Court.

Barty vai estrear contra Lesia Tsurenko. Esse quadrante da chave inclui a norte-americana Madison Keys, vice-campeã do US Open em 2017, e Petra Kvitova, bicampeã de Wimbledon e finalista na Austrália no ano passado.

Em outros jogos de destaque da primeira rodada, a russa Maria Sharapova, jogando como um convidada após uma temporada atrapalhada por lesões, encontrará Donna Vekic, e a romena Simona Halep, vice na Austrália em 2018, enfrentará Jennifer Brady.

MASCULINO

O atual campeão Novak Djokovic e Roger Federer estão no mesmo lado da chave masculina, o que os torna potenciais adversários nas semifinais. Djokovic, o segundo cabeça de chave, soma sete troféus do Aberto da Austrália e chega após fechar invicta a sua participação na ATP Cup, tendo guiado a Sérvia para o título. Ele estreará diante do alemão Jan-Lennard Struff. Federer não conquista um Grand Slam - tem 20 - desde que foi campeão pela sexta vez em Melbourne em 2018. O seu primeiro desafio em 2020 vai ser o norte-americano Steve Johnson.

Rafael Nadal, o primeiro cabeça de chave, pode enfrentar o australiano Nick Kyrgios nas oitavas de final. E a projeção das quartas de final indica um confronto contra o austríaco Dominic Thiem, a quem derrotou nas duas últimas finais de Roland Garros. Já a sua estreia será diante do boliviano Hugo Dellien.

Finalista do US Open em 2019, o russo Daniil Medvedev terá pela frente logo na estreia o norte-americano Frances Tiafoe, que avançou até quartas de final na Austrália no ano passado.

As quartas de final masculinas projetadas são, além de Nadal x Thiem, Medvedev x Alexander Zverev, Djokovic x Stefanos Tsitsipas e Federer x Matteo Berrettni.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.