Made Nagi/EFE
Made Nagi/EFE

Stanislas Wawrinka bate Berdych e fará sua 1ª final de Grand Slam

Em Melbourne, o número 8 do mundo se tornou o primeiro tenista garantido na decisão da chave masculina na Austrália

Agência Estado

23 de janeiro de 2014 | 10h41

MELBOURNE - O suíço Stanislas Wawrinka se classificou nesta quinta-feira para a primeira final de Grand Slam da sua carreira. Em Melbourne, o número 8 do mundo se tornou o primeiro tenista garantido na decisão da chave masculina do Aberto da Austrália ao derrotar o checo Tomas Berdych, sétimo colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (1/7), 7/6 (7/3) e 7/6 (7/4), em 3 horas e 31 minutos.

Até esta quinta-feira, Wawrinka tinha como melhor campanha em um torneio de Grand Slam as semifinais do US Open de 2013 e do Aberto da Austrália deste ano. Agora, porém, vai disputar a sua primeira decisão de um torneio do Grand Slam diante do vencedor da partida entre o espanhol Rafael Nadal e o também suíço Roger Federer, marcada para esta sexta-feira.

Em sua campanha até a decisão do Aberto da Austrália, Wawrinka encontrou facilidades nos primeiros jogos. Ele passou pelo casaque Andrey Golubev, que abandonou a partida em dois sets, pelo colombiano Alejandro Falla em quatro sets, por W.O. pelo canadense Vasek Pospisil e em três sets pelo espanhol Tommy Robredo.

Nas quartas de final, porém, reviu o sérvio Novak Djokovic, que o havia derrotado em cinco sets nas edições anteriores do Aberto da Austrália e do US Open. Dessa vez, porém, foi o suíço que triunfou por 3 sets a 2, passando às semifinais. Nesta sexta-feira, então, superou Berdych para fazer 9 a 5 no confronto direto.

Agora, vai disputar a sua primeira final de um torneio do Grand Slam e buscará seu segundo título em 2014 - foi campeão do Torneio de Chennai. Além disso, vai tentar ampliar a sua invencibilidade nesta temporada, pois ganhou os dez jogos que disputou.

O JOGO

A partida desta quinta-feira foi bastante equilibrada, com Wawrinka sobressaindo nos momentos mais decisivos, e ganhando apenas um ponto a mais - 143 a 142. Berdych até foi superior em algumas estatísticas, como o número de aces - 21 a 18 - e de winners - 60 a 57. E ambos empataram no porcentual de pontos vencidos no primeiro serviço - 82% - e também no número de erros não-forçados - 49 para cada.

No primeiro set, Wawrinka conseguiu uma quebra de serviço no oitavo game. Em seguida, confirmou o seu saque e venceu por 6/3. Os outros três sets da partida foram extremamente equilibrados, tanto que nenhum tenista conseguiu converter break points. Todos eles, então, foram definidos no tie-break.

No primeiro deles, Berdych se deu melhor e venceu por 7/1 para empatar o jogo em 1 a 1. Depois, porém, Wawrinka se impôs. O suíço ganhou o tie-break do terceiro set por 7/3 e o do quarto por 7/4, definido com uma devolução para fora de Berdych, se garantindo na decisão do Aberto da Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.