Stanislas Wawrinka vira terceiro do mundo e passa Federer após título

Suíço foi campeão em do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada

Agência Estado

27 de janeiro de 2014 | 10h21

LONDRES - O ranking da ATP apresentou alterações significativas na atualização desta segunda-feira e a principal delas foi a ascensão do suíço Stanislas Wawrinka, que alcançou a terceira colocação na lista após conquistar, no último domingo, o título do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da sua carreira.

Wawrinka somou 2 mil pontos por ter sido campeão em Melbourne e descartou apenas 180 das oitavas de final do ano passado. Assim, chegou aos 5.710 pontos, na melhor posição da sua carreira, mas ainda assim muito distante dos dois primeiros colocados do ranking, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic. Ele também tirou Roger Federer da condição de número 1 da Suíça, posição que ocupava desde 15 de janeiro, quando ultrapassou Marc Rosset.

Derrotado na final em Melbourne, Nadal permanece na primeira colocação no ranking e ampliou a sua liderança, pois não defendia pontos e somou 1.200, chegando aos 14.330. Assim, o espanhol ampliou a sua vantagem para 3.710 pontos em relação a Djokovic, o segundo colocado. O sérvio defendia 2 mil pontos, do título do Aberto da Austrália no ano passado, mas somou apenas 360, pois foi eliminado nas quartas de final por Wawrinka e agora está com 10.620.

O argentino Juan Martin del Potro subiu para o quarto lugar, com 5.370 pontos, mesmo que tenha sido eliminado na segunda rodada em Melbourne, pois foi beneficiado pelas quedas do espanhol David Ferrer e do britânico Andy Murray. O espanhol defendia a semifinal de 2013 e parou uma rodada antes, caindo da terceira para a quinta colocação. Já Murray, finalista no ano passado no Aberto da Austrália, foi eliminado nas quartas de final e agora ocupa apenas a sexta colocação.

Já Federer, eliminado nas semifinais em Melbourne, assim como havia acontecido no ano passado, foi ultrapassado por Wawrinka e também pelo checo Tomas Berdych, também eliminado nas semifinais e agora o sétimo colocado. Assim, caiu para o oitavo lugar no ranking da ATP.

O cenário após o Aberto da Austrália deixou Nadal e Djokovic consolidados em primeiro e segundo lugar, respectivamente, no ranking, mas aponta uma disputa acirrada pelas posições subsequentes, pois a diferença entre Wawrinka, o terceiro, e Federer, o oitavo é de apenas 1.355 pontos. O Top 10 é completado por dois franceses, com Richard Gasquet em nono lugar e Jo-Wilfreid Tsonga na décima colocação.

Além da mudança no Top 1 da Suíça, o ranking da ATP também apresentou alteração em relação ao melhor tenista brasileiro. Thomaz Bellucci ganhou 13 posições e subiu para a 116ª colocação, com 490 pontos, ao passar pelo qualifying e avançar até a segunda rodada do Aberto da Austrália, somando 70 pontos - ele descartou os dez que faturou ao cair na primeira rodada do torneio no ano passado. Assim, Bellucci voltou a ser o número 1 do Brasil ao ultrapassar João Souza, conhecido como "Feijão", agora o 118º colocado, com 484 pontos.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1) Rafael Nadal (ESP), 14.330 pontos

2) Novak Djokovic (SER), 10.620

3) Stanislas Wawrinka (SUI), 5.710

4) Juan Martín del Potro (ARG), 5.370

5) David Ferrer (ESP), 5.280

6) Andy Murray (GBR), 4.720

7) Tomas Berdych (RCH), 4.540

8) Roger Federer (SUI), 4.355

9) Richard Gasquet (FRA), 3.050

10) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.885

11) Milos Raonic (CAN), 2.770

12) Tommy Haas (ALE), 2.435

13) John Isner (EUA), 2.320

14) Mikhail Youzhny (RUS), 2.145

15) Fabio Fognini (ITA), 2.100

16) Tommy Robredo (ESP), 1.980

17) Nicolas Almagro (ESP), 1.930

18) Kei Nishikori (JAP), 1.915

19) Grigor Dimitrov (BUL), 1.810

20) Gilles Simon (FRA), 1.700

116) Thomaz Bellucci (BRA), 490

118) João Souza (BRA), 484

148) Rogério Dutra Silva (BRA), 357

158) Guilherme Clezar (BRA), 332M

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.