Reprodução/Luisa Stefani Instagram
Reprodução/Luisa Stefani Instagram

Stefani avança às oitavas nas duplas na Austrália; Soares vence nas mistas

Jogando ao lado da norte-americana Hayley Carter, brasileira supera chinesas Xinyun Han e Lin Zhu por 6/2 e 7/5

Redação, Estadão Conteúdo

25 de janeiro de 2020 | 12h02

O Brasil não tem mais 100% de aproveitamento nas duplas no Aberto da Austrália, mas permanece com chance de título. Neste sábado, Marcelo Melo e seu parceiro polonês Lukasz Kubot foram eliminados na chave de duplas masculina, mas Luisa Stefani não decepcionou e avançou às oitavas de final na chave de duplas feminina ao lado da norte-americana Hayley Carter.

Stefani e Carter, que na primeira rodada passaram pelas chinesas Yinying Duan e Saisai Zheng, cabeças de chave número nove, venceram outra dupla da China para irem às quartas. Elas deixaram pelo caminho Xinyun Han e Lin Zhu, vencendo por 6/2 e 7/5, em 1h30 de jogo.

A brasileira e a norte-americana vão enfrentar na próxima fase a canadense Gabriela Dabrowski e a letã Jelena Ostapenko, que triunfaram diante de Sabrina Santamaria e Asia Muhammad, ambas dos Estados Unidos, por 6/2 e 6/4.

Stefani também pode se tornar a primeira brasileira nas quartas de final de um Grand Slam nas duplas desde 1982, quando Patrícia Medrado e Cláudia Monteiro chegaram a esse estágio em Wimbledon.

Na chave masculina das duplas, Marcelo Melo e Lukasz Kubot, cabeças de chave número 2, caíram para o mexicano Santiago Gonzalez e o britânico Ken Skupski, perdendo em sets diretos, por 7/5 e 7/6 (7/4).

O jogo foi equilibrado e decidido a favor do mexicano e do britânico em razão da eficiência dos dois, que não cometeram erros não forçados e aproveitaram as poucas quebras que tiveram.

DUPLAS MISTAS

O Brasil estreou na chave de duplas mistas no Aberto da Austrália com uma vitória e uma derrota. Bruno Soares debutou ao lado da norte-americana com o pé direito. Eles venceram a polonesa Alicja Rosolska e o alemão Andreas Mies por 6/2 e 6/4 e, na próxima fase, medem forças contra o indiano Rohan Bopanna e a ucraniana Nadiia Kichenok.

Bruno Soares já foi campeão nas duplas mistas em Melbourne. O feito foi alcançado em 2016, quando o brasileiro atuava ao lado da russa Elena Vesnina. Ele tem ainda dois títulos de Grand Slams nas mistas, ambos do US Open, em 2012 com a russa Ekaterina Makarova e em 2014, jogando com a indiana Sania Mirza.

Já Marcelo Demoliner foi eliminado na Austrália. O brasileiro e a chinesa Ying-Ying Duan perderam de virada para a taiwanesa Hao-Ching Chan e o neozelandês Michael Venus, cabeças de chave número 4, por 5/7, 7/6 (7/5) e 10/8.

Marcelo Melo foi eliminado na chave de duplas masculina, mas ainda está nas mistas. O mineiro, parceiro da checa Barbora Strycova, estreia neste domingo. Os dois enfrentam a norte-americana Bethanie Mattek-Sands e o britânico Jamie Murray.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.