Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Erik S. Lesser/EFE
Erik S. Lesser/EFE

Stephens vence Ostapenko e fatura o título do Torneio de Miami

Tenista norte-americana derrotou a número 5 do mundo por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/1, em 1 hora e 33 minutos

Estadão Conteúdo

31 de março de 2018 | 16h30

Em um duelo entre campeãs de Grand Slam, melhor para a atual campeã do US Open. Neste sábado, a norte-americana Sloane Stephens, a número 12 do mundo, faturou o título do Torneio de Miami ao superar na decisão a letã Jelena Ostapenko, que levou a taça em Roland Garros no ano passado.

+ Leia mais notícias sobre tênis

O título deste sábado foi o primeiro conquistado por Stephens em eventos de nível Premier. Para isso, ela derrotou a número 5 do mundo por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/1, em 1 hora e 33 minutos, tendo se aproveitado das cinco duplas faltas cometidas pela rival.

Além disso, mais agressiva, Ostapenko fechou o jogo com 25 winners, contra apenas seis de Stephens. Só que a norte-americana cometeu 21 erros não-forçados, diante dos 48 da sua oponente, o que acabou sendo determinante para a sua conquista neste sábado.

O início do duelo foi de muita oscilação das finalistas com quebras de serviço nos quatro primeiros games. Depois, então, Stephens ficou próxima de fechar a parcial ao converter break point no sétimo game, mas perdeu o saque no décimo, quando poderia concluí-lo. Elas ainda trocaram quebras de saque no 11º e 12º games, antes de a norte-americana enfim triunfar, no tie-break.

Mesmo derrotada, Ostapenko começou melhor o segundo set, convertendo um break point no primeiro game. Parecia um indicativo de que ela poderia reagir na decisão, mas ficou nisso. Stephens ganhou seis games seguidos, com break points convertidos no segundo, quarto e sexto, e fechou a parcial em 6/1, assegurando a conquista do título do Torneio de Miami.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.