Suíça confirma Roger Federer e Wawrinka na semifinal da Copa Davis

Tenista de 33 anos vinha evitando jogar a competição para reduzir o desgaste físico, mas neste ano, decidiu ir em busca do título inédito

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2014 | 10h17

O capitão da Suíça, Severin Luthi, confirmou nesta terça-feira a presença de Roger Federer e Stanislas Wawrinka no duelo da semifinal da Copa Davis contra a Itália, entre os dias 12 e 14 deste mês, no piso duro e coberto de Genebra.

A dupla suíça, que conta com os atuais números 3 e 4 do mundo, respectivamente, terá como principais adversários Fabio Fognini, 17º do ranking, e Andreas Seppi, 49º. Simone Bolelli e Fognini devem jogar a partida de duplas na série melhor-de-cinco jogos. Do lado suíço, Federer e Wawrinka vão reeditar a dupla campeã olímpica de 2008.

Ausente do time suíço nos últimos anos, Federer vinha evitando jogar a Davis para reduzir o desgaste físico. O tenista de 33 anos, contudo, decidiu integrar a equipe neste ano por contar com um forte companheiro - Wawrinka foi campeão do Aberto da Austrália em janeiro - na busca por um título inédito em seu extenso currículo.

Para tanto, terão que superar os italianos, que vêm de um triunfo sobre a Grã-Bretanha, do escocês Andy Murray, nas quartas de final. Se superarem Fognini e companhia, Federer e Wawrinka vão encarar França ou República Checa na decisão, entre os dias 21 e 23 de novembro.

Atuais bicampeões, os checos vão enfrentar os franceses liderados por Tomas Berdych, 7º colocado do ranking. O time tem ainda o experiente Radek Stepanek e o jovem Lukas Rosol, em ascensão circuito - ocupa o 27º posto da lista da ATP. A França terá Jo-Wilfried Tsonga, 10º do ranking, Gael Monfils, Richard Gasquet e Julien Benneteau. O confronto será disputado no tradicional saibro de Roland Garros, em Paris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.