Andrew Gombert/EFE
Andrew Gombert/EFE

Suíço Roger Federer supera garoto na estreia do US Open

Número 1 do mundo venceu o norte-americano Devin Britton, de 18 anos, com parciais de 6/1, 6/3 e 7/5

AE, Agencia Estado

31 de agosto de 2009 | 15h56

Atual pentacampeão do US Open, o suíço Roger Federer não teve maiores dificuldades para avançar à segunda rodada desta edição do torneio de Grand Slam de Nova York.

Veja também:

especialQUIZ - Responda às perguntas sobre o US Open

especialINFOGRÁFICO - Saiba tudo sobre o torneio

Contra o desconhecido norte-americano Devin Britton, de apenas 18 anos e 1.364.º do ranking mundial, que entrou na chave principal da competição como convidado dos organizadores, Federer venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/3 e 7/5, nesta segunda-feira. O líder do ranking mundial só enfrentou alguma resistência do adversário no terceiro set, quando relaxou em quadra e teve até o seu saque quebrado.

Na próxima rodada, Federer terá pela frente o alemão Simon Greul, que ganhou o confronto contra o equatoriano Giovanni Lapentti por 3 sets a 2, parciais 6/3, 4/6, 3/6, 6/0 e 7/6

Federer só deverá ter um adversário de peso a partir da terceira rodada do US Open, quando poderá enfrentar Lleyton Hewitt. O australiano já passou pelo brasileiro Thiago Alves.

Com o feito desta segunda-feira, Federer se tornou o primeiro tenista da história a romper a marca dos US$ 50 milhões em prêmios acumulados na carreira. Com os US$ 31 mil garantidos com o triunfo na estreia, ele saltou a US$ 50.008.919. Pete Sampras, que encerrou a carreira com US$ 43.280.489, é o segundo mais bem premiado.

(atualizado às 23h11)

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenRoger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.