Lukas Coch/EFE
Lukas Coch/EFE

Superados por Melo em Wimbledon, austríaco e croata vencem Aberto da Austrália

Olivier Marach e Mate Pavic vencem Robert Farah e Juan Sebatian Cabal por 2 sets a 0, em duplo 6/4

Estadao Conteudo

27 Janeiro 2018 | 12h32

Superados por Marcelo Melo e Lukasz Kubot na final de Wimbledon, o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic se sagraram campeões do Aberto da Austrália, neste sábado. Na decisão, eles superaram os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah pelo placar de 2 sets a 0, com duplo 6/4.

 

Marach e Pavic entraram no primeiro Grand Slam como a dupla cabeça de chave número 7. Eles vinham embalados por dois títulos conquistados neste início de ano, em Doha, no Catar, e em Auckland, na Nova Zelândia. Eles somam agora 15 vitórias consecutivas, a contar desde o fim da temporada passada.

Foi o primeiro título da dupla em torneios de Grand Slam. No ano passado, eles estiveram perto da conquista inédita ao serem batidos na final de Wimbledon por Melo e Kubot, numa batalha de cinco sets - curiosamente, Marach já formou dupla com o tenista polonês, atual parceiro do brasileiro.

 

Já Cabal e Farah terão que esperar um pouco mais pelo sonhado título de Grand Slam, o que seria o primeiro da Colômbia em duplas num torneio deste nível. Jogando juntos desde 2011, eles disputavam na Austrália o 25º Slam da dupla.

Mais conteúdo sobre:
tênis Aberto da Austrália [tênis]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.