Ed Sykes/Reuters
Ed Sykes/Reuters

Svitolina derrota francesa e avança às quartas em Birmingham

Ucraniana se classifica com vitória por 2 sets a 0 sobre Alize Cornet

Estadão Conteúdo

20 Junho 2018 | 17h46

Ganhando embalo na temporada de grama, a ucraniana Elina Svitolina venceu mais uma no Torneio de Birmingham, nesta quarta-feira, e avançou à fase de quartas de final da competição inglesa. A atual número cinco do mundo venceu a francesa Alize Cornet pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

+ Com bicampeonato na mira, Melo e Kubot estreiam com vitória em Halle

+ Após fim de suspensão por uso de cocaína, Evans não recebe convite para Wimbledon

Contra a 41ª do ranking, Svitolina fez um primeiro set quase impecável. Não teve o saque ameaçado em nenhum momento e ainda faturou uma quebra de serviço para sair na frente no duelo. Na segunda parcial, ela oscilou no saque e precisou salvar cinco break points para levar a melhor, com duas quebras no set.

Sua próxima adversária será a romena Mihaela Buzarnescu, justamente sua algoz na terceira rodada de Roland Garros, no mês passado. Buzanerscu avançou na chave ao superar a croata Petra Martic por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/2.

Outro duelo das quartas de final vai reunir a eslovaca Magdalena Rybarikova e a eslovena Dalila Jakupovic. A primeira avançou na competição ao derrotar a francesa Kristina Mladenovic por 3/6, 6/2 e 6/1. E Jakupovic, surpresa da competição, seguiu viva no torneio a partir do abandono da japonesa Naomi Osaka. A atual 113º do mundo vencia o duelo por 6/3 quando a adversária desistiu da partida.

As principais favoritas ao título na grama inglesa são a espanhola Garbiñe Muguruza, atual número três do mundo, e a checa Petra Kvitova, atual campeã em Birmingham e dona de dois títulos em Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada, com início marcado para o dia 2 de julho.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênis Elina Svitolina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.