Richard Heathcote/AFP
Richard Heathcote/AFP

Svitolina vence Pliskova, lidera grupo e fica perto da semi do WTA Finals

Atual número 7 do ranking mundial derrotou a checa Karolina Pliskova por 2 sets a 1 e assumiu a liderança isolada do Grupo Branco do torneio

O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2018 | 14h58

A ucraniana Elina Svitolina conquistou nesta terça-feira, em Cingapura, a sua segunda vitória em dois jogos no WTA Finals e com isso ficou próxima de assegurar classificação às semifinais da competição que reúne as oito melhores tenistas da temporada. Atual número 7 do ranking mundial, ela derrotou a checa Karolina Pliskova por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/3, e assim assumiu a liderança isolada do Grupo Branco do torneio.

A jogadora da Ucrânia havia estreado no evento no último domingo, quando passou pela checa Petra Kvitova por duplo 6/3. Caso vencesse em sets diretos nesta terça, ela teria garantido vaga por antecipação na próxima fase. Porém, como foi superada em uma das parciais, só poderá carimbar seu avanço na quinta-feira, quando fechará campanha no estágio inicial contra a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

Este confronto com a atual terceira colocada da WTA está programado para ocorrer às 8h30 (de Brasília) de quinta, quando a última rodada do Grupo Branco será aberta com a partida entre Pliskova e Kvitova. Caso a última delas vença este duelo, Svitolina entrará em quadra em seguida já matematicamente classificada às semifinais.

Horas mais cedo nesta terça-feira, Wozniacki superou Kvitova por 2 sets a 1 para se manter viva na luta por uma vaga nas semifinais. Com este resultado, a dinamarquesa ficou na terceira posição da chave após ter aberto campanha com uma derrota por 2 a 0 para Pliskova, que é a vice-líder pelo seu melhor saldo de sets. Kvitova é a lanterna, com apenas uma parcial vencida em quatro disputadas até aqui na Ásia.

Neste confronto diante da oitava colocada do ranking mundial, Svitolina sofreu um pouco para sair de quadra vencedora. Ela chegou a ter o seu saque quebrado por quatro vezes por Pliskova, mas também aproveitou cinco de 13 chances de ganhar games no serviço da checa e garantir o seu triunfo após 1h54min de partida.

O WTA Finals continua nesta quarta-feira com a disputa da segunda rodada do Grupo Vermelho, com a alemã Angelique Kerber enfrentando a japonesa Naomi Osaka, às 8h30 (de Brasília), e na sequência terá a norte-americano Sloane Stephens encarando a holandesa Kiki Bertens.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.