Gareth Fuller/PA via AP
Gareth Fuller/PA via AP

Taylor Fritz bate Sam Querrey em Eastbourne e conquista o seu 1º título de ATP

O norte-americano de 21 anos é um dos representante da nova geração do tênis

Redação, Estadao Conteudo

29 de junho de 2019 | 16h14

No duelo entre norte-americanos na final do ATP 250 de Eastbourne, Taylor Fritz, representante da nova geração, derrotou Sam Querrey por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, e conquistou o título do torneio inglês disputado na grama e preparatório para Wimbledon - o terceiro Grand Slam da temporada, que começa nesta segunda-feira.

O título em Eastbourne foi o primeiro da promissora carreira de Fritz em torneios da ATP. Ele passou à frente no retrospecto diante do Querrey, visto que, com o resultado deste sábado, acumula agora três triunfos contra dois do compatriota em cinco jogos - quatro disputados em quadra dura e um na grama.

"É tão incrível. Eu quase não consigo nem acreditar. Ainda estou tentando entender", disse o jovem tenista. "Eu queria ganhar um título da ATP desde que eu fiz a final (do ATP 250 de Memphis, em solo norte-americano, em 2016) quando eu tinha 18 anos", completou o jovem número 42 do mundo.

Querrey, por sua vez, ainda não triunfou em 2019. O norte-americano de 31 anos, atual 79.º do ranking da ATP, soma 10 títulos em sua carreira e retornou às quadras em Eastbourne depois de mais de dois meses sem atuar em razão de uma lesão abdominal.

O saque foi o grande trunfo de Fritz na partida. Sem medo de arriscar, o jovem acertou nove aces em todos o jogo e não teve o seu saque quebrado nenhuma vez. Ele chegou a abrir 3/0 na primeira parcial, depois de quebrar o serviço do rival no segundo game e sustentou a vantagem até fechar em 6/3.

No segundo set, repetiu o que aconteceu no primeiro e novamente aproveitou um break logo no início para liderar a parcial. Mantendo os bons saques, Fritz não sofreu qualquer resistência de Querrey e selou o triunfo com um belo ace, fazendo 6/4 no segundo set e derrotando o rival em uma hora de jogo.

Turquia. O italiano Lorenzo Sonego enfrentou uma maratona no ATP 250 de Antalya. Primeiro, teve a semifinal diante do espanhol Pablo Carreño Busta, quarto cabeça de chave, interrompida na sexta-feira em razão da chuva e confirmou o triunfo neste sábado por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2).

Cerca de uma hora depois, voltou à quadra para enfrentar na final o sérvio Miomir Kecmanovic, sentiu um pouco o cansaço, mas teve forças para vencer e conquistar o torneio turco disputado na grama. Ele derrotou o rival de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 6/7 (5/7), 7/6 (7/5) e 6/1. Foi o primeiro título da carreira do italiano, que ocupa a 75.ª posição no ranking da ATP.

Tudo o que sabemos sobre:
tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.