AFP
AFP

Técnico encerra parceria de 10 anos com Serena Williams e vai treinar Simona Halep

Patrick Mouratoglou anuncia início de trabalho com a tenista romena através das redes sociais

Redação, Estadão Conteúdo

07 de abril de 2022 | 14h44

Patrick Mouratoglou, técnico por uma década de Serena Williams, anunciou, nesta quinta-feira, em suas redes sociais que vai trabalhar com Simona Halep, outra campeã de Grand Slam e ex-número 1 do mundo. Aos 40 anos, Serena, dona de 23 títulos de Grand Slam, não joga desde o final de junho do ano passado, quando rompeu um tendão da coxa direita na primeira rodada do Torneio de Wimbledon.

"Hoje estou iniciando um novo capítulo na minha carreira de treinador: agora sou o treinador em tempo integral de Simona Halep. Nos últimos oito meses, percebi o quanto sinto falta de treinar", escreveu Mouratoglou. "É a paixão da minha vida, e ainda sinto que tenho muito para dar."

Mouratoglou revelou que Halep — romena, de 30 anos campeã de Roland Garros em 2018 e Wimbledon em 2019 — esteve em sua academia de tênis para um período de treinamento antes do início de Indian Wells, no mês passado. "Ela (Halep) me perguntou se eu estava disponível para treiná-la. Eu tenho o mais alto respeito por ela, mas estava fora de questão na época. Semanas depois, conversei com Serena, e a porta se abriu para eu trabalhar com outra pessoa", disse Mouratoglou.

Mouratoglou e Williams começaram a trabalhar juntos logo depois que ela perdeu para Virginie Razzano na primeira rodada de Roland Garros de 2012. Essa foi a única vez que a norte-americana caiu na rodada de estreia de um torneio de Grand Slam.

Williams tinha 30 anos quando Mouratoglou assumiu o cargo. Ela completará 41 anos em setembro e atualmente ocupa a 246ª posição por estar fora das quadras há dez meses. Halep, que derrotou Serena Williams na final de 2019 em Wimbledon, alcançou o topo do ranking em 2017 e agora é a 20ª colocada.

A romena, de 30 anos, perdeu parte da temporada passada por causa de uma lesão na panturrilha esquerda. Depois de alcançar as semifinais em Indian Wells em março, ela se retirou do torneio de Miami por causa de um problema na coxa esquerda. Halep está sem técnico desde setembro, quando deixou de trabalhar com Darren Cahill, após seis anos juntos. "Empolgada por um novo capítulo", escreveu nas redes sociais.

Tudo o que sabemos sobre:
Simona HaleptênisSerena Williams

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.