Cristiano Andújar/Divulgação
Cristiano Andújar/Divulgação

Teliana bate romena na estreia e pode enfrentar Pennetta em Pequim

Brasileira consegue vitória mesmo após começo ruim de partida

Estadão Conteúdo

03 de outubro de 2015 | 10h37

A brasileira Teliana Pereira conseguiu mais um feito em sua carreira. Neste sábado, a número 51 do mundo estreou em um WTA Premier Mandatory, os principais torneios do circuito após os Grand Slams, e logo com vitória. Na primeira rodada do Torneio de Pequim, na China, despachou a romena Alexandra Dulgheru por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2.

A vitória foi ainda mais impressionante porque Teliana começou o jogo irreconhecível, como presa fácil para Dulgheru, que abriu 5 a 1 no primeiro set sem maiores dificuldades. Mas logo a brasileira se recuperou, virou o set e minou a confiança da adversária, que acabou facilmente batida no segundo set.

"Foi uma ótima vitória. Eu não comecei bem no jogo e saí perdendo por 5/1. Mas consegui me soltar neste momento e impor meu jogo. Passei a sacar melhor e isso foi me dando mais confiança. Depois de ganhar o primeiro set, fiquei muito concentrada e me mantive sólida", disse Teliana.

Agora, a brasileira pode ter pela frente nada menos que a atual campeã do US Open, a italiana Flavia Pennetta. A número 6 do mundo estreia neste domingo diante da chinesa Xinyun Han, apenas 160.ª do ranking.

"Quero aproveitar muito essa oportunidade de já estar dentro, com uma vitória, de um torneio deste nível, e talvez enfrentando uma campeã de Grand Slam. Conheço bem a Pennetta. Já conversamos algumas vezes, gosto da forma dela de jogar e vencer o US Open depois dos 30 anos mostra que tudo é possível. Basta acreditar e trabalhar. Mas, na hora do jogo, se for com ela ou com a chinesa, continuo focada em evoluir meu jogo na quadra rápida", comentou Teliana.

Nas outras partidas do dia em Pequim, destaque para a sérvia Ana Ivanovic, sexta favorita, que passou pela australiana Casey Dellacqua por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/0. Madison Keys, Timea Bacsinszky e Svetlana Kuznetsova também venceram seus compromissos e avançaram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.