Jean-Paul Pelissier/Reuters
Jean-Paul Pelissier/Reuters

Teliana luta, mas perde e dá adeus a Roland Garros

Brasileira não consegue ameaçar favoritismo de romena e é eliminada do Aberto da França

Agência Estado

29 de maio de 2014 | 12h53

PARIS - Teliana Pereira lutou muito, mas desta vez não conseguiu desbancar o favoritismo da romena Sorana Cirstea na segunda rodada de Roland Garros, nesta quinta-feira, e acabou dando adeus ao Grand Slam francês. Atual tenista número 1 do Brasil e 94 do mundo, ela foi superada por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5.

Hoje na 26ª posição do ranking mundial, Cirstea havia sido derrotada pela brasileira no único confronto anterior entre as duas, disputado também neste ano, no Torneio de Charleston, nos Estados Unidos, onde bateu a rival por 2 sets a 1, de virada. Na última terça-feira, Teliana já havia feito história para o Brasil ao estrear com vitória sobre a tailandesa Luksika Kumkhum.

Na ocasião, ela quebrou um jejum de 25 anos sem vitórias brasileiras na chave feminina de simples do Grand Slam realizado na capital francesa. A tenista número 1 do País, porém, começou mal o confronto com a rival romena nesta quinta. Sem conseguir ameaçar o saque da adversária, ainda teve o serviço quebrado por duas vezes em três break points cedidos pela rival, que assim fechou o primeiro set em 6/2.

Na segunda parcial, Cirstea também começou melhor e abriu vantagem com uma quebra na frente, mas a brasileira reagiu, devolveu a quebra e empatou o jogo em 5/5. Entretanto, no 11º game a romena converteu um novo break point e depois sacou para fazer 7/5 e liquidar o duelo.

Ao dar o troco em Teliana, a tenista da Romênia avançou à terceira rodada em Paris e terá como próxima adversária a sérvia Jelena Jankovic, sexta cabeça de chave, que neste dia de confrontos passou pela japonesa Kurumi Nara por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.